quinta-feira, 31 de julho de 2014

Como será o Brasil se o PT continuar no poder? E como será com o PT fora dele?

“Caso Santander mostra como Brasil já se aproxima do bolivarianismo”.
Eis o documento que o banco enviou para cerca de 40 mil clientes:
Leia e analise

O presidente do PT, Rui Falcão, afirmou na noite desta sexta-feira (25) que o banco Santander pediu desculpas pelo texto distribuído para correntistas em que descreve a reeleição da presidente Dilma Rousseff como uma ameaça à economia. Ele disse que foram feitas demissões na instituição.
“Já houve um pedido de desculpas, formal, enviada à Presidência. Entretanto, a informação que deram é que estão demitindo todo o setor que foi responsável pela produção do texto. Inclusive gente de cima. E estão procurando uma maneira resgatar o que fizeram”, disse Falcão.
A militantes do PT do Rio, Falcão classificou o caso como “terrorismo eleitoral”. Mas afirmou que aceita as desculpas do banco.
“Aceito as desculpas do banco, mas isso não elide o que aconteceu. Isso é proibido. Instituições bancárias ou financeiras não podem fazer manifestações que interfiram na decisão do voto.”
“Falcão, do PT, disse que o comunicado do banco é “terrorismo eleitoral”, mas a acusação é ridícula! O que os especialistas do banco fizeram foi nada mais do que constatar, para seus clientes, o óbvio ululante, que qualquer estagiário da menor corretora do país já sabe: quando saem novas pesquisas com queda de Dilma, a bolsa sobe e as ações das estatais disparam”.

Irresponsáveis ✰ Comentário de Luiz Carlos Prates

video

Deutsche Bank também rebaixa Brasil. Vai pedir a cabeça do analista, Dilma?


O Deutsche Bank da Alemanha está recomendando os seus clientes a reduzirem sua exposição aos títulos da dívida soberana brasileira denominados em dólar citando como uma das principais razões a perspectiva de reeleição de Dilma Rousseff e o “otimismo” demasiado dos mercados em relação a uma melhora nos fundamentos macroeconômicos do Brasil num eventual segundo mandato da presidente. O banco alemão espera uma eleição apertada e apenas decidida no segundo turno.
Em nota enviada a clientes ontem, o estrategista para mercados emergentes do Deutsche Bank, Hongtao Jiang, rebaixou o peso dos títulos soberanos do Brasil em dólar de “neutro” para “underweight” (abaixo da média dos títulos que compõem a carteira sugerida para mercados emergentes), o que levaria os investidores a reduzir as suas aplicações nos papéis brasileiros em favor de outros países emergentes.
O Deutsche Bank havia elevado o Brasil para o peso “neutro” em janeiro deste ano, depois de ter deixado os títulos brasileiros por mais de um ano na posição “underweight”. Contudo, diante da recente valorização dos ativos brasileiros e da perspectiva dos fundamentos macroeconômicos, o banco voltou atrás e rebaixou novamente o País. Jiang também recomenda os investidores favorecerem os títulos com vencimentos mais longos na curva de juros em dólar do País.
Segundo Jiang, o sub-índice Brasil (na carteira de índices de mercados emergentes globais) registrou uma queda de 25 pontos-base desde o final de março. Uma queda refletiria teoricamente uma melhora na percepção do risco-País. Agora, segundo Jiang, o sub-índice Brasil está sendo negociado a 15 pontos-base abaixo da média dos títulos de países emergentes com rating soberano de grau de investimento, enquanto que no final de janeiro os papéis brasileiros eram negociados a 30 pontos-base acima da média dos países emergentes com nota de risco semelhante.
Com base nas estimativas de José Carlos Faria, economista-chefe para Brasil do Deutsche Bank, Jiang disse que a perspectiva para os fundamentos econômicos do Brasil é bastante desafiadora. No lado fiscal, ele cita a projeção de um superávit primário consolidado do setor público de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014, em comparação com a meta de 1,9% anunciada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.
“A inflação permanece sob pressão, agravada por condições climáticas”, afirmou Jiang. “O provável racionamento de energia elétrica neste ano e em 2015 causará uma redução adicional da atividade econômica; a balança comercial tem se deteriorado continuamente e a estagflação parece ser o curso do futuro próximo (ao menos nos próximos dois anos)”, escreveu o estrategista do Deutsche Bank. 
Estadão

Palpite infeliz & Resposta a altura

Goleada no Ibope: Alckmin 50%, Skaf 11% e Padilha 5%.


Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (30) aponta o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), com 50% das intenções de voto na corrida eleitoral deste ano. Com o percentual, ele venceria a disputa pela reeleição no primeiro turno.
O segundo colocado na pesquisa, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (PMDB), aparece com 11% das intenções de voto. O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT) aparece com 5%. Esta é a primeira pesquisa Ibope após o registro das candidaturas.
Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:
Geraldo Alckmin (PSDB) – 50%
Paulo Skaf (PMDB) – 11%
Alexandre Padilha (PT) – 5%
Gilberto Natalini (PV) – 1%
Laércio Benko (PHS) – 1%
Raimundo Sena (PCO) – 1%
Wagner Farias (PCB) – 1%
Gilberto Maringoni (PSol) – 1%
Walter Ciglioni (PRTB) – não pontuou
Brancos e nulos: 15%
Não sabe: 14%

Rejeição
O Ibope também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é do petista Alexandre Padilha, que tem 19%. Na sequência aparecem Alckmin (18%), Skaf (13%), Natalini (7%), Sena (7%), Benko (6%), Maringoni (6%), Ciglioni (6%) e Farias (5%).
Avaliação do governador
Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação ao governo Alckmin. Segundo o Ibope, 40% disseram que ele é "ótimo ou bom". Outros 38% afirmaram que ele é regular. Os que dizem que ele é “ruim ou péssimo” somam 19%. A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de julho. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 78 municípios do estado. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo.

Um pouco da ficha de Dilma Roussef ✰ Pronunciamento de Jair Bolsonaro

video

Lula - o mágico de Caetés PE

O povo gosta de dinheiro fácil

Um dia, uma senhora chamada Dona Lindú, movida pela fome e pela dificuldade da seca contida no Nordeste brasileiro, resolveu juntar o “matulão” e junto com a família, subiu em um pau-de-arara e seguiu viagem com destino a São Paulo, o eldorado do povo nordestino. Não sabia ela que no meio dos filhos existia um que se tornaria mágico.
Chegando ao destino e superando as dificuldades da nova terra, Luiz Inácio, um dos filhos, estudou para ser torneiro mecânico, mas um dia, fingindo trabalhar, cortou um dedo e desse dia em diante, não soube mais o que foi trabalho porque, ao descobrir que os colegas prestavam atenção ao que ele falava, começou a proferir, mas só proferir, que combatia a ditadura militar e, incentivado por aqueles que nada diziam, contudo o ouviam dizer, resolveu fazer politica. Foi quando descobriu que era mágico e, como mágico, chegou a Presidente da Republica.
No cargo, o dito cujo se juntou a pior escória da politica do país. Porém, conhecedor das dificuldades e fraquezas do povo, pois do povo saiu, ele sabia que na sua aldeia a maioria gostava de levar vantagem e ganhar dinheiro fácil. Ai começou a tirar coelhos da cartola e fazer mágica:
Aperfeiçoou o programa bolsa escola e passou a chama-lo de Bolsa Família. Jogou muito dinheiro fácil para cima do povo e conquistou a massa;
Conhecedor de que os banqueiros precisavam ficar mais ricos para financiarem as sua campanha politica, apresentou aos mesmos o famigerado “empréstimo consignado”, como “a galinha dos ovos de ouro” da Republica e assim ganhou o apoio da elite tão combatida;
Sabia que os políticos, segundo ele, era uma porção de “picaretas”. Aí depois de tirar essa carta da manga, fechou os olhos e fingiu ignorar o processo do mensalão a fim de fazer no poder o que bem entendesse, pois estava pagando;
Sabia que o salário dos militares era pouco e que a classe era uma eterna freguesa dos agiotas. Matreiramente, não deu aumento, mas abriu as portas para o “empréstimo consignado” permitindo que os milicos continuassem mostrando que viviam bem, mas sempre endividados. Saíram das mãos dos agiotas e caíram nas mãos dos banqueiros;
Sabia que o povo adorava ouvir mentiras para que com o tempo às transformassem em verdade, dai por diante, não parou mais. E continuou uma trajetória vitoriosa e mesmo cercado de corruptos ou "ladrões oficializados", continua com a fama de “honesto”.
Hoje, surfando no Partido de trabalhadores, amicíssimo dos irmãos Castro e mais escorregadio do que piso molhado, é considerado por muitos, um Mito, todavia da forma como continua a mentir e fazer o pior tipo mágica, não se imagina o que a história possa estar lhe reservando no futuro. ISSO, SÓ O TEMPO DIRÁ.

Passageiro clandestino

Arbitrariedades da Comissão Nacional da Verdade


"A Instituição será maculada, violentada e conspurcada diante da leniência de todos aqueles que não pensam, não questionam, não se importam, não se manifestam” 
Entre as arbitrariedades praticadas pela Comissão Nacional da Verdade, inclusa a de não cumprir o que estabelece a própria lei que a instituiu, buscar a verdade histórica construída pelos antagonistas de então e não por um só lado, está a ameaça de conduzir a força os militares que se recusarem a comparecer, mediante convocação da mesma, para prestar depoimentos sobre possíveis crimes dos quais tenham participado no passado ou deles tenham conhecimento. A agravar, não cabe a tal comissão o poder legal de investigar qualquer cidadão por possíveis e pretensos crimes cometidos, pois, não tem ela, legalmente, caráter jurisdicional, próprio dos juízes, ou persecutório, próprio da Polícia Judiciária.
De mais a mais, ainda que não vigorasse a Lei de Anistia, se crimes ocorreram, praticados no passado por militares, durante a luta armada, iniciada pelas organizações subversivas comunistas, eram eles agentes do Estado, militares então em serviço ativo, devendo a Instituição Militar a que pertenciam e, ainda, pertencem, mesmo que reformados, responder inicialmente por tais pretensos crimes, crimes esses de natureza militar e como tal da competência da Justiça Militar.
O atual presidente da CNV, buscando a luz dos holofotes da Imprensa, mal que acomete os seus integrantes, tripudiando sobre velhos militares, sem qualquer reação de quem de direito, afirma que o atual Ministro da Justiça está sintonizado com a ameaçadora decisão de conduzir a força os militares que, se convocados, se recusarem a comparecer perante tal comissão, transformada em verdadeiro tribunal de exceção. Mostra total desrespeito ao Estado Democrático de Direito, pois, a vontade política de um ministro não pode se sobrepor ao ordenamento jurídico legal. 
Assim, o Juiz federal Edilberto Barbosa Clementino, da Terceira Vara Criminal Federal de Foz do Iguaçu, negou pedido da CNV, interposto pelo MPF, para determinar a condução coercitiva de convocados pela CNV. O Juiz afirma que a lei que criou a CNV não possui dispositivo expresso para determinar a condução coercitiva daquele que falta à convocação para depoimento, o que impediria decisão nesse sentido. Há que ressaltar, que a Polícia Federal não pode deter e conduzir, mediante vara, militar do Exército, ainda mais mediante ordem ilegal.
Invoca, ainda, o Presidente da CNV o Código Penal, “Art. 330 - Desobedecer a ORDEM LEGAL de funcionário público: Pena - detenção, de quinze dias a seis meses, e multa.” 
Há que enfatizar que o crime em tela consubstancia-se pelo fato do agente desobedecer a ordem legal de funcionário público. Todavia, há de se observar que o ato de desobedecer consiste em não acatar, não cumprir, não se submeter à ordem de funcionário público, investido de autoridade para imposição de ordem.
Pergunta-se: Qual ordem legal está sendo desobedecida já que a malfadada comissão não tem poder jurisdicional ou persecutório?
Não podemos deixar de observar que a pessoa que exerce uma função pública – caso dos integrantes da CNV – deve se ater rigorosamente ao que possibilita o texto legal, sob pena de praticar ato de improbidade administrativa.
O escabroso em todo esse imbróglio é o gritante silêncio obsequioso, que ensurdece e agride a todos aqueles militares que participaram da luta armada, arriscando a vida em prol da liberdade que, hoje, dela usufruímos, na contramão da verdadeira História, na medida em que a lei e a Instituição são flagrantemente vilipendiadas e antigos camaradas abandonados a própria sorte em nome da reconstrução de uma estória que não passa de revanchismo odioso.
General Marco Antonio Felício da Silva

Amizade Benfiquista !!!

video
Ser Benfiquista abre muitas portas…

E o Felipão, hein? Feliz da vida, muito dinheiro no bolso — e nem parece que aconteceu o que aconteceu na Copa

Felipão ostenta a camisa 1 do Grêmio com seu nome, ao lado do presidente do clube, Fábio Koff: 
nem parece que aconteceu a tragédia do Mineirão
E o Felipão, hein?
Depois de dizer que “assumia a culpa” pela maior tragédia da história do futebol brasileiro — uma forma esquisitíssima de “assumir a culpa”, uma vez que ele em momento algum admitiu ter cometido um único e escasso erro –, Felipão disse, na inesquecível entrevista de despedida, que “a vida continua” e que ninguém iria “morrer” depois do massacre de 7 a 1 sofrido pela Seleção em pleno Mineirão diante da Alemanha.
Pois bem, a vida de fato continuou, e ele, sobretudo, está realmente muito vivo.
Embolsou tranquilamente 4 milhõezinhos e mais 100 mil reais pela rescisão do contrato com a CBF — quantia que a esmagadora maioria dos brasileiros não consegue ganhar ao longo de uma vida inteira de trabalho –, foi para casa, mal pôde deglutir a Copa 2014 e já está contratado por gordo embora não revelado salário pelo Grêmio, tendo sido apresentado hoje de manhã na Arena do clube, em Porto Alegre, aos gritos de torcedores de “o campeão voltou”.
Felipão mostrou-se radiante, posou com a camisa 1 do Grêmio que leva seu nome, colocou no pescoço o cachecol do clube, disse que “o único clube” para o qual voltaria seria o tricolor gaúcho, declarou-se gremista de coração e tudo foram sorrisos, abraços e festa.
Felipão está protagonizando algo inédito: a derrota vitoriosa.

Dentadura Acessórios

 
 
 
Para mais informações e preços destas peças confira Concave Oblivion !

Duvido você entender a carta de Pero Vaz de Caminha

Carta a el-rei D. Manuel sobre o achamento do Brasil
Snõr
posto queo capitam moor desta vossa frota e asy os outros capitaães screpuam avossa alteza anoua do achamento desta vossa terra noua que se ora neesta naue gaçam achou. nom leixarey tam bem de dar disso minha comta avossa alteza asy  como eu milhor poder ajmda que perao bem contar e falar o saiba pior que todos fazer. / pero tome vossa alteza minha jnoramçia por boa vomtade. aqual bem çerto crea q[ue] por afremosentar nem afear aja aquy de poer mais caaquilo que vy e me pareçeo. / da marinha jem e simgraduras do caminho nõ darey aquy cõ ta a vossa alteza por queo nom saberey fazer e os pilotos deuem teer ese cuidado e por tanto Snõr do que ey de falar começo e diguo. que apartida de belem como vossa alteza sabe foy segª feira ix demarço. e sabado xiij do dito mes amtre as biij e ix oras nos achamos amtre as canareas mais perto da gram canarea e aly amdamos todo aquele dia em calma avista delas obra de tres ou quatro legoas. e domingo xxij do dito mes aas x oras pouco mais ou menos ouuemos vista dasjlhas do cabo verde. s. dajlha de sã njcolaao seg.º dito de pº escolar piloto. e anoute segujmte aasegda feira lhe amanheceo se perdeo da frota vaasco datayde com a sua naao sem hy auer tempo forte ne[m] contrairo pera poder seer. fez ocapitam suas deligençias perao achar ahu[m]as e a outras partes e nom pareçeo majs Easy segujmos nosso caminho per este mar delomgo ataa terça feira doitauas de pascoa que foram xxj dias dabril que topamos alguu[n]s synaaes de tera seemdo da dita jlha segº os pilotos deziam obra de bje lx lxx legoas. os quaaes herã mujta cam tidade deruas compridas aque os mareantes chamã botelho e asy outras aque tam bem chamã rrabo dasno. / E aaquarta feira segujmte pola ma

7° Poços ClassicCar - Poços de Caldas MG

Elefante 'chora' ao ser resgatado após 50 anos de abuso, na Índia

Animal vivia acorrentado e chegou a se alimentar de plástico e papel

Um elefante que estava preso em jaulas por 50 anos e era abusado por seu "dono" chorou ao ser resgatado, na Índia. Capturado quando ainda era um bebê, Raju apresentava sinais de espancamento e estava faminto. Ele chegou a comer papel e plástico para disfarçar a fome, segundo veterinários.
Raju vivia com uma das patas presas por correntes pontiagudas que feriam sua pele. Em função desse tratamento, o animal desenvolveu artrite crônica. Agora o elefante já está vivendo livremente, após um ousado resgate feito por ambientalistas, apoiados pelo Departamento Florestal do estado indiano de Pradesh Uttar.
O resgate aconteceu no meio da noite da última quinta-feira, com o apoio da polícia e funcionários do estado. Com ajuda de outras pessoas, o proprietário do animal chegou a tentar impedir a entrada do caminhão que fez o resgate.
A equipe gastou algumas horas para ganhar a confiança do elefante, até levá-lo ao caminhão que faria o transporte. Durante o resgate, voluntários disseram ter visto lágrimas escorrendo de seus olhos.

Raju foi transportado para um santuário de elefantes  

Pooja Binepal, da ONG Wildlife SOS UK, disse que a equipe ficou espantada ao ver as lágrimas descerem pelo rosto do animal durante o resgate:
"Os elefantes não são apenas animais majestosos. Eles são altamente inteligentes e capazes de demonstrar sentimentos de tristeza. Por isso, podemos imaginar o quanto meio século de tortura representa para ele."
Raju foi levado para o Centro de Conservação e Manejo de Mathura, onde vivem outros elefantes. Ele está sendo alimentado para que recupere a forma saudável e veterinários estão cuidando de suas feridas.
As equipes de resgate da Wildlife SOS acreditam que Raju nasceu em ambiente selvagem e foi capturado com poucos meses de vida por caçadores, sendo vendido como um elefante trabalho.
Binepal contou que este é um tipo de captura extremamente cruel. "Estes caçadores fazem com que as mães conduzam o rebanho até armadilhas pequenas o suficiente para que os filhotes caiam dentro delas. Quando isso acontece, a mãe chora por seu bebê durante dias. É um comércio revoltante", contou.

Laura, não me decepcione

Gari encontra ossada humana que pode ser de Eliza Samudio

Gari aponta local onde a ossada humana foi encontrada

Quatro dias após a Polícia Civil fazer buscas, sem sucesso, pelos restos mortais de Eliza Samudio em um lote de Vespasiano, na região metropolitana da capital, por indicação de Jorge Luiz Rosa, primo do ex-goleiro Bruno Fernandes, uma ossada humana foi encontrada em um terreno vazio próximo ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na mesma região. Os ossos foram localizados por acaso por um funcionário de uma empresa de coleta de lixo na região e encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte. De acordo com a polícia, ainda não é possível saber se os restos são do corpo de uma mulher, mas a corporação ainda não descarta que sejam de Eliza e aguarda o resultado do laudo. A ossada foi achada na manhã da última terça-feira pelo servente Reinaldo da Sagrada Família, 37, que trabalha há cinco anos como coletor de lixo na empresa Locavia, no entorno do aeroporto. Segundo o funcionário, os ossos estavam espalhados por aproximadamente 3 m, próximo a uma pequena árvore localizada dentro de um terreno pertencente à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O corpo estava a pouco mais de 1 km do terminal de embarque de passageiros do aeroporto, no início da antiga estrada de acesso ao município de Confins, atualmente desativada.
Na semana passada, Jorge Rosa havia dito que o corpo de Eliza tinha sido enterrado em uma mata próxima ao aeroporto. Por acaso o servente Reinaldo contou que tinha ido verificar o nível da água em uma nascente quando avistou um crânio e vários ossos humanos espalhados por cima da terra. “Fiquei tremendo de medo com o susto que levei e subi o barranco correndo”. Segundo ele, os colegas foram até o local e acionaram a Polícia Militar, que esteve no terreno junto com peritos da Polícia Civil. “Acho que esses ossos já estavam aí havia muito tempo, e a água que escorre aqui quando chove espalhou tudo”, sugeriu Reinaldo.

31 de Julho - Dia da Campanha do Quilo

quarta-feira, 30 de julho de 2014

ELEIÇÕES 2014: Vejam porque as pesquisas de intenção de voto vão ser mais importantes a partir da próxima 2ª feira

Aécio Neves, Eduardo Campos e Dilma Rousseff: a partir da próxima semana, com o mesmo tempo de exposição no noticiário do “Jornal Nacional”, as pesquisas de intenção de voto deverão sofrer considerável alteração. Os dois candidatos de oposição, por serem menos conhecidos do público em geral, poderão, teoricamente, ser beneficiados 

As pesquisas de intenção de voto serão mais importantes — e devem mudar significativamente — a partir da próxima segunda-feira, dia 4.
Pois é a partir desse dia que a Rede Globo, titular da esmagadora audiência de TV aberta que sabemos, passará a conceder tempos iguais de cobertura de 1 minuto e meio no Jornal Nacional para cada um dos três principais candidatos à Presidência da República — a presidente Dilma Rousseff (PT e mais uma montanha de partidos), o senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).
Será uma enorme novidade por igualar, na emissora de maior audiência do país, a exposição dos três candidatos.
Obviamente, por ocupar o cargo público mais importante do Brasil, a presidente Dilma recebe muito mais exposição da Globo — como de resto dos demais veículos de todo tipo — do que os outros candidatos.
Há algum tempo, publiquei aqui o resultado de um levantamento realizado pela assessoria do senador Aécio Neves mostrando que, àquela altura, embora o ex-governador de Minas Gerais já fosse o presidente do principal partido de oposição, a Globo o mostrava em seus noticiários 1 minuto para cada 40 minutos em que Dilma aparecia.
Aécio ainda é desconhecido por boa parte do eleitorado, e Eduardo Campos, por fatia maior ainda.
O tempo de 1 minuto e meio por dia no Jornal Nacional pode não parecer nada, mas, em matéria eleitoral, é uma enormidade. Não se pode dizer que o eleitor passará a “conhecer” os candidatos sobre os quais tem pouca informação, mas saberá 1) que eles existem e 2) algo do que eles pensam.
Com a proximidade do dia do primeiro turno da eleição presidencial, 5 de outubro, a Globo deverá, como costuma fazer, aumentar esse 1 minuto e meio diário para os candidatos. E o horário eleitoral obrigatório terá início no dia 19 próximo, uma terça-feira.
Aí, sim, as coisas deverão mudar consideravelmente.

Ética? Se sobrar tempo ✰ Comentário de Luiz Carlos Prates

video

Chances de derrota de Dilma chegam a 60%, segundo analistas de consultoria especializada


A MCM Consultores passou a atribuir uma probabilidade de 60% de derrota de Dilma Rousseff na eleição presidencial em outubro. Desde abril, a consultoria trabalhava com um cenário de probabilidade equivalente à reeleição e à vitória da oposição. Hoje, os analistas da MCM rebaixaram as chances da presidente e agora trabalham com uma probabilidade de 60%-40% contra a reeleição.
“Não estamos declarando taxativamente, é bom esclarecer, que a presidente Dilma não se reelegerá. Longe disso. É muito cedo. A campanha ainda nem começou efetivamente”, escreveram os analistas da MCM na nota enviada a clientes. “Contudo, a nosso juízo, já existem elementos suficientes para atribuir mais probabilidade de vitória à oposição do que à candidatura governista.”
Segundo a MCM, as últimas pesquisas Datafolha e Ibope representaram um ponto de virada (“turning point”) para o novo cenário, agora desfavorável à reeleição. “Ambas mostraram continuidade na tendência de encurtamento da vantagem de Dilma frente a Aécio Neves e Eduardo Campos no segundo turno e aumento da diferença entre a rejeição à presidente e aos candidatos de oposição”, afirmaram os analistas.
Além das pesquisas, destacou a MCM, a mudança de cenário também levou em conta a piora do quadro econômico, “sintetizado pelo resultado decepcionante do último Caged (abertura de apenas 25 mil vagas de trabalho em junho), os sinais de forte rejeição ao PT no Sudeste – de maneira mais acentuada em São Paulo -, e a baixa competitividade das candidaturas petistas nos estados mais importantes do País, excetuando-se Minas Gerais, onde Fernando Pimentel lidera as pesquisas”. 
Fabio Alves - Agência Estado

Definição de Lula. GENIAL

Essa definição não é minha. É deste Sr. Aí ohhhh! GENIAL !!!

Saiba por que Dilma Roussef guarda R$ 152 mil em casa, debaixo do colchão.


CLIQUE AQUI para examinar o modo como Dilma se atrapalha ao explicar seus R$ 152 mil no colchão. Ela até passa a impressão de que usa parte do dinheiro para dar mesada para a filha, Paula, procuradora do MPT, como se ela precisasse disto. 
O jornalista Reinaldo Azevedo diz hoje no seu blog (www.veja.com.br) que o segundo momento mais patético da sabatina a que se submeteu ontem as presidente Dilma Roussef, foi quando elas avançou para o involuntariamente cínico, ao explicar porque guarda no colchão a quantia enorme de R$ 152 mil. Em 2010, eram R$ 113 mil. Leia tudo:
Os jornalistas tentaram saber por quê. Ela evocou os tempos de clandestinidade, quando ter bens, digamos, carregáveis, poderia ser até uma questão de sobrevivência. Ninguém, obviamente, entendeu nada. Disse ainda que dá dinheiro à sua filha (a filha, Paula, é procuradora do Ministério Público do Trabalho).Huuummm… E se aplicasse a grana no… Santander? Um dos jornalistas lembrou que, investido, esse dinheiro renderia R$ 10 mil num ano. Dilma, então, mandou ver: “O que é (sic) R$ 10 mil?”. Percebeu a mancada e tentou se corrigir: “R$ 10 mil são muito; eu não jogo fora nenhum dinheiro”. Como se nota, joga!
. A memória histórica agora entra quase como piada, mas é óbvia. Dilma, sob o codinome Estella, foi a mentora de um roubo milionário. Em julho de 1969, três carros com 11 guerrilheiros da VAR-Palmares estacionam em frente à casa no bairro carioca de Santa Teresa, onde morava um irmão de Ana Capriglioni, notória amante do ex-governador de São Paulo Adhemar de Barros. Lá, executando uma operação minuciosamente planejada por “Estella”, que não tomou parte na ação, a VAR-Palmares roubou um cofre de chumbo pesando 300 kg, recheado com uma bolada de US$ 2,16 milhões. Pouco tempo depois, a VAR-Palmares se desintegra, por desentendimentos entre “Estella” e Carlos Lamarca. A maior parte do grupo seguiu a agora presidente — na época, Cláudio, seu primeiro marido, partira para Cuba a bordo de um avião sequestrado, e Dilma já se enamorava de Carlos, o gaúcho da VAR-Palmares — com quem veio a se casar e com quem teve Paula, a única filha, hoje procuradora do Trabalho em Porto Alegre — de quem se separou já depois da redemocratização.
. Parte do dinheiro — US$ 1 milhão — teria sido doada aos rebeldes argelinos. O resto teria sido usado para financiar a guerrilha. Seja como for, uma das guardiãs da grana era… Dilma! Virá daí a sua fixação por dinheiro em moeda sonante?
video

Dilma - Momentos mais grotescos da sabatina by Reinaldo Azevedo

video

Dilma volta a se fazer de vítima e cita a ditadura militar do Brasil

Raul Castro se hospedou aqui

Voltando a se fazer de vítima para justificar porque guarda dinheiro vivo, em casa, Dilma não perde tempo, nem a oportunidade de faturar uns votinhos. Diuturnamente, mete o pau na ditadura militar brasileira, mas hospeda Raul Castro, o sanguinário ditador cubano, na Granja do Torto, residência oficial da Presidência da Republica.
A "eterna santinha" e hoje presidente, Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, 28, que guarda dinheiro em casa porque incorporou o hábito da época em que foi perseguida e presa durante o regime militar.
A declaração de bens da presidente de Dilma ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deste ano apontou que ela tem R$ 152 mil em dinheiro vivo. “Uma parte disso a gente deposita ao longo do ano em poupança”, disse, lembrando que chegou a dormir de sapato por um tempo depois de passar três anos presa durante a ditadura. Dilma disse ainda que dá parte do dinheiro que guarda para a filha, Paula Rousseff.
Para justificar o Programa Mais Médicos, ela disse que eram necessários mais de 14 mil novos médicos para atender demandas do Brasil, sobretudo no interior, no Nordeste e nas periferias das grandes cidades. Dilma também afirmou que a importação de médicos ocorre por um período determinado e que o País deve investir na formação de profissionais para suprir a demanda. Sobre as críticas ao programa, como a diferença de salário entre os médicos de Cuba e os provenientes de outros países, Dilma disse que os cubanos recebem parte do pagamento no Brasil e parte é depositado na Ilha. “Os médicos ganham aqui e lá”.
A presidente participou de uma sabatina por Folha, UOL, SBT e rádio Jovem Pan, já encerrada. A entrevista aconteceu no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República em Brasília.
Estadão

Novo símbolo do PT

Previsão de gasto com Olimpíada no Rio passa de R$ 28,8 bilhões para R$ 37,6 bilhões. Vai crescer, vai crescer…


Com novas obras licitadas, no Complexo Esportivo de Deodoro, os custos com projetos relacionados às arenas, para os Jogos Olímpicos de 2016, passaram de 5,6 bilhões de reais para 6,5 bilhões de reais. Essa diferença representa uma atualização da Matriz de Responsabilidade da Olimpíada, documento que enumera as obras fundamentais para o evento. Agora, os gastos com os Jogos de 2016 já alcançaram 37,6 bilhões de reais, assim distribuídos: arenas: 6,5 bilhões de reais; legado: 24,1 bilhões de reais; e investimento do Comitê Organizador da Olimpíada, 7 bilhões de reais. O orçamento previsto na candidatura brasileira era de 28,8 bilhões de reais.
“Não se trata agora de um aumento de custos. Como houve a licitação de 11 intervenções em Deodoro, as cifras foram atualizadas”, disse, nesta terça-feira, no Rio, o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), general Fernando Azevedo e Silva.
Dos 52 projetos essenciais para a Olimpíada, 15 ainda estão sem custo e prazo de início de obras definidos. Quando houver a licitação, os valores do gasto total com os Jogos vão ser alterados. “Essa mudança se dá automaticamente quando a licitação é feita. Portanto, são custos previstos”, disse o general.

Reajam, empresários!!! by Rodrigo Constantino

video

Santander atendeu a pressão de Dilma, Lula, CUT e PT, demitindo um dos seus trabalhadores.

O governo Dilma Roussef e o PT finalmente conseguiram o que queriam, que era a demissão do trabalhador do Banco Santander que baseado em análises econômicas constatou o que todo mundo já sabe e recomendou cuidado com o dinheiro de cada correntista no caso da reeleição da presidente, porque ela se mostra incapaz de mudar a rota desastrosa atual:
. "A pessoa foi demitida porque fez uma coisa errada", justificou o presidente mundial do banco espanhol; no Rio de Janeiro para encontro educacional promovido pela instituição. Emílio Botín se referiu ao relatório a clientes de alta renda com a recomendação de ter cuidado com o crescimento da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas, porque isso significaria piora na situação econômica.
. Inadmissível", classificou a presidente. O banqueiro foi criticado pessoalmente pelo ex-presidente Lula, que o chamou de 'querido'. "Para ele (Lula), só tenho elogios", disse Botín, confirmando a demissão do analista identificado como responsável pelo texto.
. O governo Dilma Roussef e o PT, aplacados, podem agora passar novamente o chapéu diante do banqueiro, que na eleição anterior entregou R$ 1 milhão para a campanha presidencial petista.

Incríveis coincidências socialistas!

Gilberto Carvalho, o homem forte do PT, menina dos olhos de Lula, secretário e capataz de Dilma

CASO CELSO DANIEL: Este blog continua esperando, ansioso, que Gilberto Carvalho processe o delegado Romeu Tuma Jr. na Justiça pelas revelações comprometedoras sobre o caso Celso Daniel feitas em seu livro e repetidas de viva voz, publicamente. O ministro prometeu processá-lo há longos 231 dias... e NADA!

O secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e o ex-secretário nacional de Justiça Romeu Tuma Jr.: Tuma diz que Gilberto admitiu a ele ter levado dinheiro ilícito, produto de corrupção, diretamente para as mãos do então chefe da Casa Civil, José Dirceu. E a promessa do ministro de processar o delegado, até agora, ficou por isso mesmo.
O hoje ministro Gilberto Carvalho, uma das estrelas do lulalato, teria admitido a seu então colega de governo Romeu Tuma Junior, secretário Nacional de Justiça, que, quando trabalhava com o prefeito petista de Santo André (SP), Celso Daniel — assassinado em janeiro de 2002 –, levava e entregava pessoalmente dinheiro ilegal proveniente de propinas de empresários ao futuro chefe da Casa Civil de Lula, José Dirceu, para fazer frente a despesas eleitorais do PT.
Romeu Tuma Junior conta o episódio eu seu livro best-seller Assassinato de Reputações — Um Crime de Estado (Topbooks; 557 páginas; 69,90 reais).
Pois bem, mal lançado o livro, o atual secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, anunciou que iria processar criminalmente o delegado, atualmente aposentado da Polícia Civil de São Paulo e sócio de um escritório de advocacia.
O anúncio foi feito pelo ministro no dia 9 DE DEZEMBRO DE 2013.
Já faz, portanto, 231 DIAS que anunciou o processo. E, até agora, NADA.
O delegado Tuma Junior já declarou, publicamente — inclusive quando entrevistado no programa Roda Viva, da TV Cultura –, que se dispõe a fazer em juízo a “exceção da verdade” (ou seja, provar o que diz), ou submeter-se a uma acareação com quem quer que seja.
Por que será que ao ministro Gilberto Carvalho falta tanta pressa em defender sua honra?
O que, afinal, teme “Gilbertinho”?

A faculdade é onde você aprende habilidades para a vida.

Já em desvantagem nas pesquisas, Padilha ainda lida com rejeição dos "cumpanhêros" de partido

Várias figuras de alto escalão do PT prometeram apoio a Padilha, 
mas alguns dos mais importantes estão voltando atrás 
O CÁLCULO DO ABANDONO
Nota publicada na seção “Holofote” de edição impressa de VEJA
A situação de Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo, já não é das melhores e pode piorar. Terceiro colocado nas pesquisas, ele vem sendo abandonado pelos companheiros.
De olho na própria campanha, Dilma tenta se aproximar de Paulo Skaf, do PMDB.
A banda lulista do partido também olha para os lados.
O prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, em público diz que vai ajudá-lo.
Reservadamente, porém, confidencia que não pretende mover uma palha.
Por um simples cálculo político: Marinho quer ser o candidato do PT a governador de São Paulo em 2018.
Uma vitória de Padilha atrapalharia seus planos.

Dança sensual ???

video

Lula - ele é "macho que só preá"


Criador e criatura estão envolvidos em novo round por conta dos ataques do pastor Silas Malafaia, que reclama de perseguição da Receita em cima da Associação Vitoria de Cristo e recomenda que o fisco averigue “o filho de Lula que era pobre e virou milionário”.
Lula ficou irritado, dizendo que não é época de “fazer tantas bobagens” e mandou Dilma enviar um emissário para conversar com Malafaia.
Dilma teria responsabilizado o ministro Guido Mantega, da Fazenda, “por não controlar seus subordinados”.
O ex-presidente deu até prazo para o problema ser solucionado: uma semana.
* * *
Vocês entenderam tudo, num é? Lula ficou “irritado” não com Silas Malafaia. Lula ficou irritado com quem anda investigando as contas da igreja de Silas.
Os “subordinados” de Mantega, a que Dilma se refere, são os fiscais da Receita Federal que estão fuçando revanchisticamente as contas da igreja de Silas Malafaia, na tentativa de assassinar  a reputação do irrequieto pastor.
Quem ainda não ouviu as denúncias de Malafaia, clique aqui e divirta-se.
Eu, se fosse Lula, ao invés de contemporizar, botar panos quentes e tentar estabelecer as pazes com Malafaia – o que faria o pregador calar a boca e parar de brandir denúncias -, eu partiria para o confronto. Silas deixou bem claro que ainda tem muitas coisas, muitas mesmo, que estão na fila pra ele botar a boca no trombone.
Se eu fosse Lula, gritaria bem alto pra todo mundo ouvir: “Pois pode botar a boca no trombone, seu pastor mentiroso e caluniador
Se eu fosse Lula, faria mais ainda: daria ordem a Dilma dizendo o seguinte:
Eu topo o desafio de Malafaia. Manda mesmo a Receita Federal investigar Lulinha e publicar tudo na grande mídia reacionária”.
De quebra, eu ainda convocaria a imprensa pra dar uma entrevista coletiva a fim de desmentir todas as calúnias que foram publicadas sobre Rose Noronha, a Marquesa de Garanhuns. Uma entrevista com jornalistas da Folha, da Veja, do Estadão e com o Editor do JBF.

LLR-rosemary-

Lula, além de não ter nada pra esconder - tanto no caso do seu filho quanto no caso de sua quenga -, é também um cabra macho 'bagarai'!
Estou certo, certíssimo, de que o nosso destemido ex-prisidente vai aceitar a sugestão. Sugestão que acabei de mandar pra ele via internet.
Leitores que apoiam esta minha idéia, podem enviar mensagem pra Lula incentivando-o a tomar esta iniciativa.
Escrevam diretamente pra ele através da página do Instituto Lula clicando aqui 
Eu tenho certeza que Lula vai levar a sério o comentário do fubânico gunvernista Apreciador-de-Corruptos, aquele que declarou que não quereria estar na pele de quem incorre no art. 138 do Código Penal se o Lula resolvesse, só de brincadeirinha, entrar com uma ação judicial…”.
O 138, pra quem não sabe, é o artigo que trata de calúnia, quando se imputa a alguém falsamente fato definido como crime.
Ou seja, um artigo que enquadraria Silas Malafaia direitinho, num é, gente???!!!

Programa de carimbos no "Mais Médicos" - absurdo


Para ajudar o pseudomédico cubano a não errar prescrições, governo dá caixa com carimbos com prescrições padrão. Essa é a saúde petista.

São 7.400 "médicos" a 10 mil por cada contratado. O Brasil paga R$74 milhões por mês para o governo cubano, num total de R$888 milhões por ano. Daria pra melhorar em muito a situação precária da saúde no Brasil, não fosse a medida eleitoreira e de camaradagem com governo de Cuba, um parceiro ideológico do atual governo do Brasil..
Desse total somente 29% vão para os pseudos médicos, ou seja R$2.900 cada, o restante vai para o governo de Cuba, para sustentar as mordomias dos irmãos Castro, ditadores sanguinários, amigos íntimos de Lula, Dilma e toda a corja petista.

Reunião dos autoritários na Venezuela

Jamais se juntou tantos incapazes e nulidades políticas em uma só oportunidade.

Olha que beleza, os socialistas do Mercosul  reunidos em Caracas - Venezuela, reduto de uma ditadura e campo aberto do autoritarismo. Todos  falidos,  na mais burra ideologia socialista, que pregam, primeiro aparelhar o Estado e encher os bolsos dos companheiros no poder e o que sobrar, ou seja,  a miséria, distribui-la para o povo,  seus súditos fiéis.
Como dizia Winston Churchill: “O Socialismo/comunismo é a filosofia do fracasso, o credo da ignorância e o evangelho da inveja. Sua virtude inerente é a distribuição equitativa da miséria.” 

16º Encontro de Automóveis Antigos de Taquaritinga SP

Maduro volta a dizer que conversou com passarinho

E ouviu a mensagem de que o falecido presidente Hugo Chávez ‘está feliz’
Imagem divulgada pelo governo da Venezuela mostra o presidente Nicolás Maduro inaugurando um monumento durante a celebração do 60º aniversário de nascimento de Hugo Chávez, na cidade de Sabaneta (EFE/Palacio Miraflores)

A loucura (ou a chacota) persiste. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, voltou a afirmar que conversou com um passarinho. Desta vez, a mensagem que ouviu foi a de que seu padrinho político, o falecido coronel Hugo Chávez, “está feliz e cheio de amor”. “Vou confessar a vocês que se aproximou de mim um passarinho, outra vez se aproximou e me disse que o comandante estava feliz e cheio de amor pela lealdade de seu povo”, comentou, durante um evento em Sabaneta, cidade natal do ex-presidente.
A primeira menção a uma conversa com um passarinho foi feita em abril do ano passado, em plena campanha eleitoral, pouco depois da morte de Chávez. Ao dizer que o ex-presidente lhe havia aparecido na forma de um passarinho, Maduro, é claro, foi ridicularizado. E ainda se defendeu, dizendo que havia dividido com o povo sua “espiritualidade”.
A nova "revelação" foi feita em um dos vários eventos agendados para lembrar 60 anos do nascimento de Chávez. A programação começou na noite de domingo, em um ato público no qual Maduro cantou ‘Parabéns a Você’ e soprou velinhas. Perto da meia-noite desta segunda, novo tributo foi acompanhado por presidentes e chanceleres dos países do Mercosul que participam de um encontro em Caracas.
video

Há uma coisa sobre tua noiva que tu precisas de saber...

Faz falta (nos Partidos Políticos)


Falta hoje nos partidos políticos espaço e disponibilidade para o diálogo interno. Esta escassez não resulta das pessoas serem mais acríticas ou acéfalas nos partidos que no seu exterior. Resulta dos partidos viverem num Sistema que não só não estimula e propicia ao surgimento do pensamento critico e original, como convida, ao contrário, a seguir cega e fielmente o modelo sob o mando e o manto dos supostos donos/lideres e ao pensamento único, produto acabado, perfeito e dogmático da mente do “líder iluminado” que, depois todos os seguidores devem fielmente papaguear.
Como quebrar esta cultura de servilismo acrítico e adesão incondicional? Quebrando a forma de construir listas: criando listas abertas em voto preferencial, que até internamente no Partido estimulem o pensamento autônomo e aproximem eleitos de eleitores, normatizando uniformemente os sufrágios para os conselhos populares e conselhos distritais e, sobretudo, escutando ativamente os militantes e os cidadãos em geral.

30 de Julho - Dia da Fotografia Colorida

terça-feira, 29 de julho de 2014

De aposentado para aposentado

Eis a justiça e magnanimidade para com os idosos!
Até os aposentados que não precisam mais votar estão se organizando para ir às urnas responder a você, DILMA!
 VOCÊ  SE “ESQUECEU” DE NÓS... 
MAS, NÓS NÃO NOS ESQUECEMOS NUNCA DE VOCÊ !
 SOMOS 9 MILHÕES, COM 2 A 3 DEPENDENTES EM MÉDIA !
AGUARDE !
 APOSENTADOS:
 QUEM BATE EM MUITOS ESQUECE EM QUEM BATEU.
QUEM APANHA JAMAIS ESQUECE DE QUEM APANHOU !!!
 INCENTIVE SEUS AMIGOS APOSENTADOS A DIVULGAR !
 Quem ainda não se aposentou, deve ter um aposentado na família.
 valeu, DILMA:
5% de aumento para os aposentados, que 
trabalharam e contribuíram a vida inteira,
e 10% de aumento no bolsa família, para quem 
NÃO TRABALHA E NUNCA CONTRIBUI .

Plano do PT pra implantar a ditadura no Brasil ✰ Entrevista do jurista Ives Gandra no Jô Soares

Agora tem mais a agravante, na sanha fanática de tornar esse país uma ditadura, foi editado pela presidente Dilma, 
o decreto 8.243, de 23 de maio de 2014, que cria os sherifes de bairro, que serão capatazes indicados pelo governo, para controlar o cidadão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...