segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Jean Wyllys gastou um milhão da LEI ROUANET

Apesar da crise, o Ministério da Cultura, comandado pelo ministro Juca Ferreira, autorizou a captação de R$ 842 mil, via Lei Rouanet, para a produção de um documentário sobre a história do deputado federal Jean Wyllys (Psol).
O parlamentar ficou famoso após vencer o Big Brother Brasil 5, da Rede Globo. Em 2010, Wyllys foi eleito deputado federal, com apenas 13 mil votos, puxado pelo alto coeficiente construído por outros candidatos do Psol fluminense. Em 2014, ele foi eleito novamente, desta vez com 144 mil.
O Ministério da Cultura vetou, recentemente, a captação de recursos para um documentário sobre Mário Covas. Em 2013, contudo, o ministério liberou a quantia de R$ 1,5 milhão para a produção de um filme sobre José Dirceu.
Desde que o PT chegou ao poder, o governo já repassou R$ 15 bilhões através da Lei Rouanet, uma Lei Federal de Incentivo à Cultura e que institui politicas públicas para a cultura nacional, como o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...