sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Bolsonaro exige da DEFESA justificativas das viagens realizadas em aviões da FAB para CUBA e VENEZUELA. Recebe resposta e junto uma ADVERTÊNCIA SÉRIA.

O que será que aconteceu de tão misterioso a ponto do deputado Jair Bolsonaro ser advertido sobre as implicações / punições que poderá receber se divulgar o conteúdo da RESPOSTA sobre as viagens misteriosas em aviões da Força Aérea?
  • Essas transferências de “recursos de forma velada” aconteceram mesmo?
  • As reuniões com “espiões cubanos” ocorreram realmente?
  • O que foi discutido / acertado nesseas reuniões?
Segundo publicada ha alguns meses pela Revista Sociedade Militar, Bolsonaro foi o único deputado que exigiu explicações sobre vôos de membros do governo DILMA para países como CUBA, Venezuela e Uruguai, onde ocorreram reuniões misteriosas com lideranças dos referidos países.
O deputado justifica a solicitação: “A realização de reuniões “secretas”, o financiamento de grandes obras, como a construção do Porto de Mariel, em Cuba, a possível transferência de recursos financeiros de forma velada, dentre outros fatores, expõem a urgente necessidade de busca de meios de elucidação de como tais relações realmente se desenvolveram e se houve danos à soberania e à segurança nacionais.
Algumas informações nesse sentido vieram à tona com a publicação da obra “Una Oveja Negra al Poder”, dos jornalistas Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, em que revelações do ex-presidente uruguaio José Mujica acresceram tópicos que envolvem diretamente a Presidente Dilma Rousseff, a qual teria utilizado informações fornecidas por espiões cubanos e venezuelanos para convencer o então presidente do Uruguai, único país contrário à suspensão do Paraguai do MERCOSUL em 2012.

No documento encaminhado JAIR Bolsonaro solicitou as seguintes informações:

“… seguintes informações:
  1. A relação dos voos oficiais realizados por aeronaves da Força Aérea Brasileira nos últimos 5 (cinco) anos, nos trajetos Brasil-Cuba, Cuba-Brasil, Brasil – Venezuela, Venezuela-Brasil, Brasil-Uruguai e Uruguai-Brasil, com o detalhamento das missões executadas nessas viagens;
  2. A identificação de tripulantes e passageiros, brasileiros e estrangeiros, que embarcaram nas aeronaves para a realização dessas viagens, bem como o fato motivador do embarque de cada passageiro;”
A defesa recentemente enviou a BOLSONARO a justificativa abaixo, com a clara advertência de que guardasse somente para ele as informações recebidas. Como o país não está em guerra contra algum desses países e muito menos realizando operações conjuntas seria bastante justo que a DEFESA explicasse para TODA A SOCIEDADEafinal o que realmente ocorreu e a motivação dessas viagens.
Bolsonaro se mantém quieto até hoje quanto a isso por conta do acordo que possui com o governo TEMER? O deputado ja demonstrou fidelidade a MICHEL TEMER ao apoiar o governo na questão da PEC241 e talvez não queira levantar mais uma tempestade nesse momento tão delicado. Será que ha membros do atual governo que seriam implicados nessa questão?
A RESPOSTA DA DEFESA FOI EM CARATER sigiloso
“Ofício nº 15329/ASPAR/GM-MD. Ministério da Defesa. Encaminhamento de informações solicitadas pelo Deputado Jair Bolsonaro por meio do RIC nº 1.784/2016.
Documentos sigilosos. Dê-se vista da documentação sigilosa encaminhada pelo Ministério da Defesa, sem extração de cópias, nos termos do art. 98, § 5º, do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. Cientifique-se o Deputado, nos termos dos arts. 21, caput, e 28, IV, § 1º, I, e § 2º, do Ato da Mesa n. 45/2012, da responsabilidade legal pela manutenção do sigilo dos documentos sigilosos de que tomar conhecimento. Publique-se. Arquive-se, observadas as formalidades mencionadas no referido dispositivo regimental.”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...