terça-feira, 15 de novembro de 2016

Eles tem o Trump e nós temos os trampas!

Na última terça-feira, dia 8, elegeu-se presidente dos Estados Unidos da América, o empresário bilionário Donald Trump. O Trump elegeu-se com propostas polêmicas como construir muro na fronteira com o México ou deportação de 11 milhões de imigrantes considerados transitórios ou ilegais entre tantas outras propostas polêmicas.
Nessa semana, o assunto Trump tomou conta dos noticiários das grandes redes de televisão brasileira. A imprensa brasileira pôs-se a criticar a postura do candidato Donald Trump, até com certa razão. No entanto, eleito presidente, o empresário e agora presidente, Donald Trump tem demonstrado postura equilibrada, com declarações que o mundo espera de um presidente da República da maior economia do mundo. 
Os Estados Unidos é a democracia mais longeva do mundo contemporâneo, mais do que qualquer país do velho mundo. Os Estados Unidos tem o "establishment" que não deixa o seu presidente sair da linha. Não há o que temer do Donald Trump. Ele não vai chutar o pau da barraca, até por instinto de preservação, pois ele é empresário US$ bilionário com maior parte dos negócios imobiliários, dentro do país. 
Há uma certa ciumeira da imprensa e do próprio povo brasileiro em relação à própria democracia americana ao criticar o sistema que vigora há quase dois séculos. Nossa democracia, pós ditadura, tem apenas 37 anos. O nosso presidente, o Michel Temer está no posto, pós impeachment da titular, há apenas 5 meses. Os Estados Unidos cresce desde 2009, após experimentar a pior crise financeira de véspera e o Brasil se encontra na pior crise econômica em 100 anos!
Pergunto: Somos exemplo de democracia para os Estados Unidos? Somos exemplo de economia para o mundo? Temos governo e parlamento responsáveis, como deles? Não! Nem é preciso enumerar as nossas mazelas para confirmar que somos considerados "titica de galinha" pelos países desenvolvidos, infelizmente. 
Não seria mais proveitoso para sociedade brasileira e à própria grande imprensa colocar em pauta de discussão o nosso próprio sistema de democracia? Por que não colocamos em pauta de discussão o modelo de economia que coloque o Brasil na trilha do desenvolvimento econômico sustentável? Não! Não fazemos isto. Preferimos perder o nosso precioso tempo criticando o sistema do governo e a economia dos detentores do 1/4 do PIB do mundo. O País e seu povo sofrem do síndrome do cachorro magro.
Já sei! Eles tem o Trump e nós temos os trampas!

Um comentário:

Anônimo disse...

Somente discordo do primeiro paragrafo. Assisti ontem, aqui nos EUA, duas entrevistas do presidente eleito. Ele confirmou que construirá o muro para deter a onda de imigrante ilegais, o que acho pertinente e necessário. Cada um que cuide do seu quintal, como Israel o fez. Quanto a deportação, ele afirmou, categoricamente, que pretende expulsar do pais cerca de dois milhões de imigrantes que cometeram crimes. Ele está errado? Tenho a convicção que não. Que voltem aqueles infratores da lei para os seus países.
J.Silva

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...