quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Francisco precisa decidir entre ser Papa ou Comunista.

Sou Católico. Venho de família Católica. Católico nasci. Católico irei morrer.
Orgulho-me de fazer parte da Religião herdada dos meus pais. O que não é sinônimo de concordar cegamente com seus "dogmas".
Obviamente que não comungo com a tendência de "idolatrar" ou "canonizar" a figura do Papa. No meu entender um ser humano comum, com falhas e fraquezas, igual a qualquer mortal, no exercício de cargo de inquestionável liderança e relevância.
Respeito e aceito posições ideológicas de Francisco, desde que não incorporadas às funções do Papa.
Francisco precisa se posicionar e decidir entre ser Papa de Multidão de Fiéis ou Militante Comunista.
Aceitar passivamente a foice e o martelo ofertados por Evo Moralez.
Receber Maduro, ao mesmo tempo que lástima visivelmente a saída do PT do Governo, sacramentada com Impeachment de Dilma, foge da postura protocolar de um Papa.
A continuar considerarei vaga a Cadeira de Líder da minha Igreja, "In Memorian" seguirei João Paulo II, não reconhecendo Francisco.
Sou Católico. Respeito a Figura do Papa como líder da Igreja, mas não dou Carta Branca a um Comunista, pra falar ou agir em meu nome.
O Católico espera e merece ver, seu Representante Maior, agindo com a neutralidade, que o branco de sua Idumentaria impõe
Amém e Ponto Final.

Um comentário:

Unknown disse...

Desde que esse 'hermano' pegou essa boquinha que eu venho dizendo que é um farsante.
É um farsante que vai colocar a pá de cal na já sepultada fé católica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...