terça-feira, 8 de novembro de 2016

Fraudadores do Bolsa Família custavam R$ 2,4 bilhões ao ano

O governo Temer fez o que os governos Lula e Dilma, se sérios fossem, deveriam fazer corriqueiramente: cruzou informações de todas as bases de dados que conseguiu. Em especial, a Rais (Relação Anual de Informações Sociais), o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e o INSS. E descobriu que 1,1 famílias, ou mais de 4 milhões de brasileiros, recebiam Bolsa Família sem ter direito ao benefício.
Total do prejuízo: R$ 2,4 bilhões ao ano.
A gestão Temer já cancelou o benefício de 469 mil fraudadores. E bloqueou o de 654 mil para que se expliquem em no máximo 3 meses, ou também terão o cadastro cancelado. Ao todo, o Bolsa Família possui 13,9 milhões de beneficiados.
Segundo Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento, o valor economizado com os fraudadores será reinvestido no programa.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...