quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Ocupação de escolas faz Inep adiar Enem para 191 mil estudantes

Inscritos farão as provas remarcadas em 3 e 4 de dezembro

Agora há pouco, a presidente do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira, Maria Inês Fini, anunciou que o Ministério da Educação (MEC) decidiu adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os dias 3 e 4 de dezembro para os estudantes inscritos que fariam as provas em escolas que sofrem atualmente ocupações em protesto contra a PEC do Teto e as reformas no Ensino Médio. Serão 304 locais em 20 estados. O adiamento atingirá 191.494 candidatos.
Os estudantes serão avisados ainda hoje (1º) por SMS que não farão a prova neste próximo final de semana, nos dias 5 e 6. Segundo o Inep, o adiamento não prejudicará a utilização dos resultados do Enem para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
A prova aplicada em dezembro terá o mesmo modelo e nível de dificuldade do Enem deste fim de semana, segundo o Inep, mas com questões diferentes.
O MEC estabeleceu o prazo para a desocupação das escolas até as 23h59 dessa segunda-feira (31), mas, temendo as condições dos prédios e eventuais resistências dos estudantes mobilizados, acredita ser mais seguro designar novas datas. Os estudantes chegaram a pedir a transferência dos locais de prova, a exemplo do que foi feito pelos Tribunais Regionais Eleitorais para o segundo turno da eleição no último domingo (30), mas nem todas as cidades ocupadas têm outros prédios que comportem a logística da aplicação da prova.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...