terça-feira, 22 de novembro de 2016

Polêmica criada pela Globo com a Polícia gera CONTRA-OFENSIVA nas REDES e site da SEARA

Fátima Bernardes criou para si mesma um grande problema ao colocar no ar pesquisa de palco questionando os participantes se atenderiam primeiro um traficante muito ferido ou um policial levemente ferido. 
Com toda a experiência que a Rede Globo possui, é obvio que saberiam que as palavras “levemente” e “muito” obviamente seriam ignoradas, se tornando então insignificantes na questão colocada.
O grupo escolhido foram os TRAFICANTES, despertando a indignação de muita gente honesta, que não admite que marginais e gente nociva à sociedade sequer sejam colocados em pé de igualdade com militares e civis da segurança pública, pessoas que entregam a própria vida para resguardar nossa segurança.
Vivemos uma guerra no BRASIL. Será que tem gente que ainda não percebeu isso? Cuidar de um MILITAR ou POLICIAL CIVIL com o pé quebrado, com o dedo cortado etc., é coloca-lo em ação para salvar mais vidas.
Nas redes sociais da Revista Sociedade Militar (whatsapp 21 98106-2723 / facebook.com/socmilitar/ twitter @SocMilitar / telegram https://web.telegram.org/sociedademilitar) têm chegado grande número de mensagens sobre o assunto, o que indica que crescem rapidamente várias campanhas antagonizando a apresentadora global, ex-âncora do Jornal Nacional.
Em uma das campanhas é solicitado que se preencha um formulário no site da SEARA rechaçando Fátima como sua garota propaganda.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...