segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Regina Duarte tinha razão!!! Em 2002 ela dizia: ”Tenho medo do que o PT é capaz”

Não faz muito tempo, “Regina Duarte” virou basicamente um xingamento usado contra qualquer um que hesitava diante dos movimentos mais arriscados dos governos Lula e Dilma. Tudo porque, durante a campanha de 2002, a atriz surgiu no programa de José Serra explicitando seu medo do que um governo petista poderia fazer com a estabilidade conquistada pelo Brasil até ali. Assim começa seu monólogo:
“ESTOU COM MEDO. FAZ TEMPO QUE EU NÃO FICO COM MEDO. PORQUE O BRASIL, NESSA ELEIÇÃO, CORRE O RISCO DE PERDER TODA A ESTABILIDADE QUE JÁ FOI CONQUISTADA. EU SEI QUE MUITA COISA PRECISA SER FEITA, MAS TAMBÉM TEM MUITA COISA BOA QUE JÁ FOI REALIZADA. NÃO DÁ PRA IR TUDO PRA LATA DO LIXO.”
A preocupação com o “estelionato eleitoral” já acontecia naquele 2002. O “Lulinha Paz & Amor” não era apenas dócil e respeitoso. Ele também se mostrava defensor da austeridade, ou tudo aquilo que já começaria a esquecer quando precisou se reeleger após o Mensalão. E que nunca defendera até tentar pela quarta vez se tornar presidente.
“NÓS TEMOS DOIS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA. UM EU CONHEÇO, É O SERRA, É O HOMEM DOS GENÉRICOS, DO COMBATE À AIDS. O OUTRO? EU ACHAVA QUE CONHECIA, MAS HOJE EU NÃO CONHEÇO MAIS. TUDO O QUE ELE DIZIA MUDOU MUITO. ISSO DÁ MEDO NA GENTE.”
Ao final, mesmo que com certo exagero, Regina – ou, vá lá, o redator do programa político tucano – parecia profética:
“OUTRA COISA QUE DÁ MEDO É A VOLTA DA INFLAÇÃO DESENFREADA. LEMBRA? OITENTA POR CENTO AO MÊS? O FUTURO PRESIDENTE VAI TER QUE ENFRENTAR A PRESSÃO DA POLÍTICA NACIONAL E INTERNACIONAL. E VEM MUITA PRESSÃO POR AÍ.”
A inflação não está a 80% ao mês, mas se aproxima dos 10% ao ano, algo que já mais que dobra a meta mirada pelo governo. A estabilidade econômica sobreviveu ainda quase uma década, mas não muito após o populismo lulista tentar se livrar da crise de 2008 com crédito fácil para tudo e todos. A pressão nacional está aí. A internacional? Ainda começando. Pois o mundo não tem interesse em ver a oitava economia do mundo quebrar. E já há quem defenda que apenas uma volta do FMI nos salvará de nós mesmos.
E aí? Fomos justos com ela?
O tempo é o senhor da razão!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...