sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Depois de quase 10 anos, o STF cria coragem e aceita denúncia contra Renan Calheiros

Vindo da época de Fernando Collor de Mello, Renan hoje, pode ser considerado 'o rei da cocada preta".

Este processo contra Renan, julgado ontem, pela Suprema Corte, há mais de 09 (nove) anos vivia mudando de gaveta. Segundo a imprensa, o dito cujo passou mais de 06 (seis) anos na gaveta do Procurador Geral da Republica; em seguida, foi largado nas mãos de Ricardo Lewandowski, que também o colocou na gaveta e passou mais alguns anos lá. 
Na época Renan renunciou ao cargo de presidente do Senado, Depois Lewandowski, passou a bola para o ministro Edson Fachin, que o manteve na gaveta por mais um ano e meio.
O processo foi posto em pauta e Fachin passou a ser o relator. Ontem a denuncia foi aceita e Renan Calheiros, apesar de alguns dos crimes cometidos terem sido prescritos, SE TORNOU RÉU.
Por 8 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (1º) abrir uma ação penal e tornar réu o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público).
VEJAM QUE COISA ENGRAÇADA:
A decisão não significa que o senador seja culpado, conclusão que só poderá ser feita ao final do processo, que só Deus e/ou diabo, devem saber, quando essa figura será julgada. Porque, segundo a imprensa, isso somente acontecerá: após a coleta de novas provas, depoimentos de testemunhas e manifestações da defesa, coisas que, talvez, nem existam mais.
OBS: Fora esse processo, contra o artista, existem, nas gavetas do STF, mais 11. O que, caracteriza, dessa forma, ser a Justiça brasileira, a principal culpada pela impunidade reinante no país. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...