sábado, 31 de dezembro de 2016

Sérgio Moro arrisca-se no que faz, o faz pelos outros, por sua terra,... pelo certo

Juiz Sérgio Moro. Nosso orgulho!

Talvez, apenas talvez algumas pessoas consigam entender, de verdade, o que seja dar a sua vida em prol de outros. Um pai faz isso por seus filhos. Uma mãe faz isso incondicionalmente. Mas, fora isso, fora esta ligação...apenas poucos conseguem entender.
Para um homem, dar a sua vida pela pátria significa se dar pelos seus, pelos que não tem como se defender, pelos que construíram tudo o que hoje temos. Pelos que hoje não podem se dar. Significa perder sua paz, sua individualidade, suas opções e preferencias… sua liberdade e seu bem estar. Isso tudo, feito sem se ter o sentimento de ganho, de retorno. É a perfeita tradução de se dar.
Este sentimento é tão forte, o quanto seus fundamentos, que, dificilmente outros conseguem alcançar, traduzir ou sentir.
O Juiz Sergio Moro poderia seguir os mesmos passos de seus pares. Decidir noa se envolver e ganhar o quanto fosse possível… e viver tranquilamente, com privilégios de sua posição, com pompas e peito estufado. Age totalmente diferente disso. Prima pela simplicidade e humildade, porém, um outro lado é indiscutível: deu e dá tudo de sí pelo bem dos que estão além. Arrisca-se gravemente no que faz, o faz pelos outros. O que faz, o faz por sua terra, pela sua gente e...pelo certo!
Perdeu e perde cada vez mais sua liberdade. Sacrifica totalmente os seus e sua mulher/filhos. Com a exposição, nem mesmo pode requerer maiores ganhos ou avanços, pois tem de ser exemplo para todos os que o ”vigiam”. Um passo fora do “normal” e se tem repreensões, reprimendas e criticas. O que vale viver assim? Quanto custa tomar este tipo de opção? Somente quem toma, sabe!
Mas, não é só ele! Outra, Joice Hasselmann deixou as vias normais de sua profissão, da qual estava bem a frente de seus pares, para se dedicar a opções ingratas em que nada lhe retornaria, apenas por livre opção de se dar pelo próprio país e sua gente. Mas não somente ela, apesar de seu posicionamento destacado, muitos outros e outras estão se arriscando. Isso por um amor que poucos conseguem entender… outros entendem, mas noa conseguem vivenciar… já outros admiram, mas não compreendem muito bem…!!!
Quanto essas pessoas estão se dedicando e, nisso, o quanto estão perdendo. Nada ganham, pois dinheiro, neste caso, em nenhuma quantidade consegue suprir as perdas que se tem. O único ganho, nisso, é a tranquilidade da consciência leve e o sentimento do bom combate. O combate verdadeiro. Quantos estão se sacrificando pela maioria, que na verdade, sequer entendem a extensão ou gravidade deste sacrifício.
Por outro lado, os que esses combatem, vivem de iates, ilhas, passeios e “trabalhos” dos quais ganham sempre, cada vez mais… e sempre a margem da Lei! Por onde passam, deixam o caminho seco, sem vida. São perniciosos tal qual parasitas. Mas parasitas onde outros se curvam em sua passagem.
Uma opção ingrata, mas que somente eles e os que entendem, sabem o que vão ganhar pelo BOM COMBATE.
Fato é que, não fosse esses, tudo já estaria perdido a muito tempo.
Mas ao final, o mesmo aprendizado se repete… “ao se dar, é a ingratidão o que vai encontrar”. Mas...vale??? VALE SIM, E MUITO! Quem entende, SABE! É difícil, mas VALE!
Quantos sairiam de suas comodas posições para, com as devidas perdas, defender essas pessoas? Poucos! Por isso mesmo, poucos ENTENDEM.

Visitas precisam saber se comportar em casa de praia ✰ Comentário de Luiz Carlos Prates

video
Muita gente que mora no litoral está com a casa lotada de visitas, que precisam seguir certas regras. 
O camarada precisa tomar semancol pois está hospedado em casa de familiares ou amigos. 
É preciso respeitar.

Em resposta mais forte que a do Exército, Facebook deleta página apócrifa de crítica aos Colégios Militares

Eles são incansáveis. Em nova ofensiva contra a qualidade do ensino dos Colégios Militares, uma página no Facebook foi criada na última terça-feira (27). Nesta quinta (30) virou matéria do Correio Braziliense, segundo o qual o espaço apresenta relatos de humilhações, racismo e até tentativas de estupro que teriam ocorrido nas escolas. Um circo de horrores, enfim. Muito diferente do exemplar sistema de ensino que a esquerda brasileira - não sem motivo, se é que me entendem - tenta derrubar há décadas.
"Em entrevista ao Correio, pela internet, a pessoa que administra a página afirma, sem querer se identificar, que a ideia surgiu após uma conversa com ex-alunos de uma dessas instituições. "Estávamos conversando sobre situações abusivas pelas quais passamos e sobre como nada foi feito pela instituição, mesmo depois de termos recorrido ao setores que seriam destinados justamente a nos ouvir", conta a pessoa, que preferiu não dar detalhes pessoais, como sexo, idade ou estado onde mora."
Por coincidência, justamente enquanto estava pesquisando, a página #NomeuColégioMilitar foi retirada do ar pelo Facebook. O mesmo ocorreu no Twitter (@nomeucmm)
Mas durante os minutos que pude acessá-la, foi possível ler algumas das denúncias postadas. O debate entre os comentaristas da página é alimentado por postagens de alguns professores da rede pública, que ostentam em suas linhas do tempo imagens de invasões de escolas com o indefctível #ForaTemer!, homenagens a El Comandante Fidel, Che Guevara e outros ícones da esquerdalha.
Enfim, o objetivo é muito claro.
A meu ver, deixou muito a desejar a resposta do Exército aos questionamentos do jornal. Na defensiva, a nota do Centro de Comunicação Social do Exército choveu no molhado ao ressaltar as virtudes, qualidades e resultados do projeto pedagógico do Sistema Colégio Militar do Brasil, Ora, os excelentes resultados obtidos pelos Colégios e seus alunos em todas as avaliações, exames e concursos estão aí para comprovar isso, não é de hoje. Mas, vá lá, por vezes, se faz necessário relembrar o óbvio. 
Estranho, para dizer o mínimo, é o fato da nota não criticar, e com veemência, à condição apócrifa da página, cujo autor usa do anonimato para estimular denegrir de forma tacanha a imagem de um case de sucesso que representa um dos maiores orgulhos da Força Terrestre.
Mais corajoso que o Exército, o Facebook não hesitou em defenestrar a página. Parabéns.

Feliz 2017

A mídia não consegue enxergar a vitória espetacular sobre o lulodilmismo

Covardes, eles foram pegos com as mãos na lama e pagam caro pelas roubalheiras que conduziram.
A imprensa brasileira está realmente irritada com a queda do PT e com a ascensão de Trump nos EUA, quando na verdade deveria saudar o fim da era da corrupção e atraso lulodimista, saudando também o fim do reinado obamista.
2016 foi um ano de assepsia e por isto deve ser comemorado, porque ele marca o início da inflexão que reporá nos trilhos os bons princípios que dão saúde eterna aos regimes democráticos e aos sistemas de livre mercado.
O editor alertou para o bom ano que termina, conforme comentário a seguir:
Para ver e ouvir "Eu estou otimista com 2017; e você, não ?
video

Bolsonaro tentou se esconder no Shopping. Veja no que deu

video

Tô fora do Lula, meu!

Tinha decidido não mais fazer matérias sobre este sujeito do topo da página. Sim. Para mim, o Lula da Silva não passa de sujeito, sem qualificação, um bandido de marca maior. Lula é um safado que chegou à presidência da República apoiado pelos setores progressistas do País. Nem vou perder tempo citando nomes respeitados pela sociedade brasileira que apoiam este bandido para dar evidência a este vil ser humano. Lula não merece frequentar a página política, mas merece estar nas primeiras páginas policiais. 
Já em 2005, o deputado Roberto Jefferson denunciava a existência da corrupção na alta cúpula do governo federal, para manutenção da base no Congresso Nacional. Com a manobra orientada pelo ministro da Justiça, à época, o advogado Márcio Thomaz Bastos, de afirmar sempre que "não sabia de nada", o Lula da Silva se safou de ser condenado pelo "mensalão". Claro, os setores progressistas do País agiu em conluio para a "excluir" Lula da Silva do processo "mensalão". 
Lula da Silva ascendeu ao cargo de presidente da República pela segunda vez, em 2006, com o apoio dos empresários "players", leia-se "corruptores", beneficiários do "bolsa empresário". Puxava a lista destes "players" a família Odebrecht, entre tantas outras da fina sociedade brasileira. Recebendo polpudas "propinas" destes empresários "players", hoje conhecido como "lenientes", Lula se "enricou". "Enricou" mais ainda os grupos empresariais beneficiários do "bolsa empresário", apoiadores do movimento da volta do Lula à presidência da República. 
Lula da Silva mantém popularidade como sendo o "pai dos pobres". Lula ampliou o "bolsa miséria" para mais de 13 milhões de chefes de família, comprometendo o Orçamento Fiscal de cada ano em mais de R$ 28 bilhões. Lula criou o seu "curral eleitoral", na tentativa de manter-se no poder. A força progressistas esquece que R$ 28 bilhões representa vidas perdidas nas filas dos hospitais públicos ou a falta de investimentos em educação pública, de qualidade. 
Lula não está sozinho na empreitada de tentar reconquistar o cargo de presidente da República. Lula da Silva sabe que ele conta com o apoio da sociedade progressistas do País, além de contar com o apoio dos empresários "players", beneficiários do "bolsa empresário". Lula conta com o apoio importante do atual ministro da Fazenda Henrique Meirelles, a quem confiou a presidência do Banco Central do Brasil por 8 longo anos do seu governo. Meirelles é representante do setor bancário, dos agiotas internacionais e dos empresários "players" de ontem e de hoje. Meirelles é o Lula no governo Temer, querendo ou não querendo. 
Com o apoio dos setores progressistas do País, com o apoio dos empresários "players", com o apoio dos beneficiários do "bolsa empresários" e com o apoio dos beneficiários do "bolsa miséria", o Lula se acha acima das leis. Os advogados do Lula na Operação Lava Jato, em sua defesa, "gritam" e "ameaçam" o juiz Sério Moro, em total desrespeito ao juízo e à Justiça. Lula se acha "acima das leis". 
Lula se acha o rei da cocada preta. Lula, ainda, se acha o "cara" do Obama. Lula quer se comparar ao advogado Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul. No entanto, Lula comanda ainda os centrais sindicais do País. Lula da Silva é venerados pelos setores progressistas do País. Lula da Silva é adorado pelos empresários "players", beneficiários do "bolsa empresários". Não se iludam, o Lula continua sendo "paizão" dos "delatores premiados" da Lava Jato. 
Para mim, o Lula da Silva é apenas um ex-presidente da República. Para mim, Lula é exemplo de pessoa que não deve se seguido. Para mim, Lula continua sendo ícone dos setores progressistas, querendo estes admitir ou não. Para mim, a bravata do Lula é porque está se "borrando" de medo de ser mais um preso da Operação Lava Jato, junto com seus companheiros, no Complexo Médico Penal de Curitiba. 
Para mim, Lula é apenas "mais um bêbado" gritando para moucos da "fina" sociedade brasileira! O espaço de comentários está aberto para apoiar ou rejeitar o meu ponto de vista. 
Tô fora do Lula, meu !

Manifestação contra os fogos de artifício

Ministro leva vereadores de seu reduto para passeio em voo da FAB

Na companhia de Mendonça Filho, Evandro Macarrão e Pitomba da Lotação eram só sorrisos 
nas fotos tiradas dentro e fora da aeronave oficial

Mendonça Filho anda com a agenda cheia no final de ano. Como se não bastasse ter de trabalhar pela aprovação da reforma do ensino médio e tocar o Ministério da Educação, ele resolveu se envolver na eleição da presidência da Câmara.
Nada a ver com a guerra travada entre seu correligionário Rodrigo Maia e o deputado Jovair Arantes.
Mendonça Filho vem se dedicando à corrida pelo comando da Câmara de Vereadores da pacata Belo Jardim, de cerca de 100 mil habitantes, em Pernambuco, seu reduto eleitoral.
Mendonça Filho é aliado do atual presidente da Casa Legislativa de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, que luta para se manter na cadeira no ano que vem.
Na busca por votos, o ministro de Michel Temer resolveu fazer um agrado a outros dois vereadores eleitos na cidade pernambucana.
As excelências atendem pelos nomes de Evandro Macarrão e Pitomba da Lotação, candidato a assumir a presidência da Câmara local.
Mendoncinha, como é conhecido, levou a dupla a Brasília e os carregou para cima e para baixo. Até aí, tranquilo. Mas a caravana deu direito a viagem em voo da FAB, na companhia do ministro.
Mendonça embarcou com os vereadores da capital para uma agenda na Paraíba. Só alegria.
A tomar pelos sorrisos de Macarrão e Pitomba nas fotos postadas em redes sociais, dentro e fora do avião oficial, o ministro já pode dizer que ele elege quem quiser em Belo Jardim.
video

Todos saem do zero ✰ Comentário de Luiz Carlos Prates

video

Temer em 2017 é um temor!

Michel Temer é um presidente mágico. Temer faz maravilha! Tudo que ele fala tem duas faces, a realidade e a fantasia . Temer é um político matreiro, igual a um velho político que engana a população. Temer é um político querendo imitar o estilo popular do Juscelino ou do Jânio, sem ter o mesmo carisma de ambos. Temer engana a si próprio e fica feliz com o desenho do seu País de fantasia. 
Temer viveu à sombra da Dilma nos longos 5 últimos anos do governo. Diz ter vivido o período, apenas, como figura decorativa, o cargo de vice-presidente. Nesse período de 5 anos, pertencendo à mesma chapa da Dilma, nunca manifestou sua contrariedade à política econômica da titular do cargo. É de estranhar que "de repente" venha acusar a Dilma de ter colocado o Brasil no buraco. Se não reclamou antes, é porque concordava com a política econômica, presumo. 
O projeto mais importante do seu mandato, nesses últimos 7 meses, foi a aprovação do PEC 241, denominado de teto dos gastos públicos. Ele enganou a população afirmando estar aprovando o PEC para limitar até o limite que se arrecada. Ledo engano! O PEC 241, pelo contrário, autoriza o Executivo a emitir "títulos da dívida pública" para cobrir os "rombos" até o limite dos gastos de 2016 (com rombo de R$ 170,5 bilhões). O PEC 241, sepultou de vez a Lei de Responsabilidade Fiscal de 2000, que previa a cobertura dos gastos públicos, incluindo pagamento de juros da dívida pública, apenas com a receita de impostos e contribuições. Temer enganou a população, como se o PEC 241 fosse solução para todos problemas do País. 
No apagar das luzes deste ano, Temer anunciou os "pacotes de bondades", com liberação da parte dos recursos do FGTS pertencente aos próprios trabalhadores. Prometeu baixar juros dos cartões de crédito, cujos recursos são das instituições financeiras, não do governo. Temer credita a si próprio, o "pacote de bondades" feito com chapéu alheio. Temer é um político matreiro que capitaliza para si os benefícios que originariamente são de direito da própria população. 
Temer não perde o velho hábito de político que aproveita do cargo público que ocupa. Faz de conta que "não sabia de nada", sobre as viagens, em caráter privado, de seus ministros com os jatinhos na FAB. Em menos de 7 meses, eles teriam feito mais de 800 viagens a custo estimado de R$ 160 mil cada, num total de R$ 128 milhões. O próprio Temer, tinha mandado licitar os "almoços" no avião presidencial, estimado em R$ 1,750 milhão, incluindo como sobremesa os finos sorvetes de marca estrangeira. 
No apagar das luzes de 2016, presidente Temer, como fazia a antecessora Dilma, distribuiu os R$ 7 bilhões de verbas parlamentares, para seus séquitos de parlamentares da base aliada. Temer pratica o velho hábito de presidentes antecessores, o "toma lá, dá cá". A velha prática lembra a do ex-presidente Lula. Aliás, o seu ministro da Fazenda é o mesmo do ex-presidente Lula. Temer imita o PT que diz abominar. Temer quer ser igual ao Lula em tudo. 
Temer exige dos governadores estaduais, em situação de calamidade financeiras, as contrapartidas difíceis de serem cumpridas. Por outro lado, o governo federal está autorizado pelo PEC 241 de permitir os "rombos fiscais" com emissão de títulos da dívida pública, mas as facilidades não são permitidas aos governadores estaduais. É aquela história: Faça o que eu digo, mas não faço o que eu faço! A soberba do Temer, em ralação aos governadores são de humilhar qualquer ser humano. Que digam os governadores do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul. Estes estão de joelhos e se sujeitando lamber as botas do Temer. 
Hoje, o presidente Temer, prometeu entregar o projeto Leste da Transposição do Rio São Francisco, já em fevereiro do próximo ano. E nem ficou ruborizado ao dizer que os problemas de seca do nordeste estarão resolvidos em 2017, com entrega também do projeto Norte do mesmo rio. Temer só pode estar pensando que ele é um novo Padre Cícero do Juazeiro do Norte. Temer deve "acreditar" no seu poder de milagreiro!
Nada como presidente que veio para "moralizar" o País. O Temer com os políticos históricos de caderno, utiliza-se da residência oficial para "achacar" os empresários para financiar as campanhas eleitorais dos seus protegidos. E declara com maior frieza de que os recursos foram "oficialmente contabilizados", assim como, igualmente, fizeram os tesoureiros do PT, os atuais inquilinos da Colônia Médico Penal de Curitiba. 
Para mim, presidente Michel Temer não passa de mais um "velho político" ou "político velho", com "velhos costumes" abominados pela população. De promessas e mágicas, o povo já não aguenta mais! Socorro!
Temer em 2017 é um temor!

Neste fim de ano, celebre, comemore, faça as pazes e esqueça as diferenças...

Lula bêbado, ameaça comprar essa merda de Pais

Conversa regada à pinga escocesa de boa qualidade e cerveja "meidi in Doitchlandi", girava em torno de ataques sofridos por Lindenberg na rua, por Cidadã revoltada.
Membros do Soviet Bolivariano mostravam-se irados, com o "topete" da plebeia, ao ousar desacatar indivíduo da Raça Ariana Petista.
Foi quando o Grande Líder da "Távora Vermelha", liberou o álcool e o Poder Reprimido.
- Se encherem meu saco, compro essa merda de Pais e boto esses Coxinhas pra correr.
Eles que vão pedir asilo pro Trump e limpar latrina de americano.
Repetindo pra não deixar dúvidas:
- Se encherem meu saco, compro essa merda de Pais e boto esses Coxinhas pra correr.
Eles que vão pedir asilo pro Trump e limpar latrina de americano.
Entusiastas aplausos ecoaram. Descontração total.
Tá bom pra você ou preciso desenhar.
O homem vem zombando e roubando o Pais. Continua solto e não se gaz de rogado, ao mostrar seu modo de encarar, a Cadeia Elementar do Poder.
Eu poderia ter entrado em 2017, sem ter de engolir mais essa.
VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO.
Coisas de um País que virou uma coisa. E Assim o Mundo Gira e o brasil se Afunda.

Jean Willys te deseja um Feliz Ano Novo

video

O réveillon da crise e do desânimo

Uma pesquisa do instituto Ipsos revela que 87% dos brasileiros acham que o Brasil vai no rumo errado e não têm muitas esperanças para 2017. No meio do ano, na época do processo de impeachment de Dilma, era pior, mas não muito: 94%. 
Outra pesquisa, essa do Ibope, mostra que apenas 1/3 dos brasileiros (34%) segue a máxima "sou brasileiro, com muito orgulho". 
Os números mostram que o sentimento para o réveillon é bastante desanimador. Mas se fizerem essas pesquisas no Estado do Rio de Janeiro vão encontrar resultados ainda mais pessimistas. A situação por aqui é de amargar. 
Em todo caso é preciso ter esperança, fé em Deus, quem sabe as coisas não melhoram em 2017. 

Exercícios no solo

Voo secreto da FAB chega ao Galeão com 48 obras de arte da Presidência da República

Um voo secreto da FAB desembarcou ontem, no Galeão, vindo de Brasília e trazendo de volta para casa uma carga valiosa: 48 obras de arte — entre elas, quadros de Guignard, Portinari, Visconti e Djanira — que estavam com a Presidência da República. Tinham sido cedidas, de 1956 a 1991, pelo Museu Nacional de Belas Artes. Um esquema de segurança foi montado ontem na Rua Araújo Porto Alegre para descarregar a carga (foto) Agora, as obras passarão por quarentena, climatização e depois restauração.

Lulão ratão manda o povo fazer nova divida para pagar a velha

video

Deu a louca no Tio Sam? ✰ Artigo de José Nêumane Pinto

Há uma semana, uma bomba de hidrogênio desabou sobre nossas cabeças, já suficientemente perturbadas por informações desastrosas, como a quebradeira generalizada de empresas brasileiras, os 12 milhões de trabalhadores desempregados e a calamidade financeira decretada por três unidades da Federação. O acordo de leniência da Odebrecht e da Braskem, anunciado pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e pelo Ministério Público Federal em Brasília na quarta-feira passada, indica o que aconteceu nestes trágicos trópicos durante os últimos 15 anos e ao alcance dos narizes absolutamente insensíveis dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
A afirmação recebeu o aval internacional do Departamento de Justiça (DJ) da maior potência nuclear, militar, econômica e política do planeta, após a devassa do pagamento de US$ 1 bilhão (R$ 3,4 bilhões) em propinas pela empreiteira e sua subsidiária petroquímica. 
No Brasil (com dois ex-ministros de Estado, três parlamentares e dois membros do Poder Executivo hoje, cuja identidade não foi revelada) e em mais 11 países. Além da quantidade do suborno pago por privilégio em contratações e superfaturamento de obras e serviços, a revelação inova no Direito Penal, ao revelar que a vítima, a petroleira estatal, é também autora do furto bilionário, de vez que é sócia da signatária dos acordos na empresa que pagou “o maior suborno da História”.
É de observar que a investigação empreendida pelos americanos e pela Suíça, parceira na devassa e signatária da leniência, trata apenas da atuação do tal Departamento de Operações Estruturadas, justamente apelidado de Departamento da Propina, da maior empreiteira do Brasil. Como todo brasileiro bem informado soube pelo noticiário cotidiano, suas concorrentes OAS, Andrade Gutierrez, Engevix, Carioca Engenharia e outras são acusadas de participação num“cartel” que esvaziou os cofres públicos do País durante os desgovernos Lula e Dilma, do PT.
Lula apareceu no noticiário na semana passada para comunicar à Nação espoliada que as acusações a que responde à Polícia Federal e na Justiça dão uma ideia do “grau de loucura que (sic) chegou a Lava Jato na sua perseguição contra o ex-presidente”.
Então, deu a louca no Tio Sam, foi? Não faltarão, é claro, sandices do gênero para os advogados do ex incluírem na sua estratégia suicida de defesa a hipótese de que agora ficou provado que os EUA lideram a conspiração para retirá-lo da próxima disputa presidencial hoje ou em 2018, confirmando pesquisa do Datafolha que o considera favorito no primeiro turno da disputa pela Presidência, só perdendo no segundo para Marina Silva, que foi ministra dele.
Isso não resiste à lógica rasteira. O citado responde a três juízes federais – Marcelo Leite e Vallisney de Souza Oliveira, em Brasília, e Sérgio Moro, em Curitiba, na primeira instância – por crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, ocultação de patrimônio e outros, na companhia de parentes: a esposa, dois filhos e o sobrinho da primeira mulher. As denúncias foram feitas pela força-tarefa da Lava Jato, chefiada pelo procurador Deltan Dallagnol, e também pelo Ministério Público Federal em Brasília, sob o comando do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que mandou para Teori Zavascki, relator no Supremo Tribunal Federal (STF), o dito “processo-mãe” do petrolão, que talvez melhor fosse definido como malvada madrasta.
Lula, como Dilma, também reclama das delações premiadas, que, segundo ele, “tiraram da cadeia pessoas que receberam milhões de reais em desvios da Petrobrás”. Entre eles, figuram o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, que chamava de “Paulinho”, e o ex-senador Delcídio do Amaral, ex-líder do governo Dilma no Senado. Sem falar em Marcelo Odebrecht, que ainda está na cadeia.
É fato que a colaboração de apenados pelo Código Penal nas investigações da Polícia Federal e do MPF foi autorizada em lei assinada por Fernando Henrique e seu ministro da Justiça Renan Calheiros, alcunhado de “Justiça” nas planilhas que constam da proposta de delação premiada de 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht. A depender da homologação de Zavascki e de novos depoimentos deles, a Nação saberá até que ponto Lula, acusado pela força-tarefa de chefiar o “quadrilhão”, efetivamente se comprometeu pessoal, partidária e familiarmente naquele assalto generalizado.
Até lá, é possível ter uma ideia do alcance internacional dessa prática danosa e também da necessidade de acompanhar os ianques na exemplar transparência que eles demonstraram no cotejo entre o que já sabem e, infelizmente, o brasileiro, que pagou a conta pesada, ignora, mercê disso. Dilma Rousseff e seu ministro da Justiça José Eduardo Martins Cardozo assinaram um documento legal que atualiza a prática da colaboração negociada de réus, antes de ela afirmar que os despreza. Mas cruzar este deserto entre o acesso aos fatos pelos agentes americanos e o sigilo, que mantém a cidadania aqui impedida de enxergar toda a verdade, ainda depende de um aperfeiçoamento legal que possa restituir a isonomia ao conhecimento do delito real. Pois esta ainda está para atravessar o Rio Grande.
Outra revelação relevante dos americanos na devassa da grande corrupção tupiniquim constatou que a cooperação dos investigados não foi feita de boa vontade, mas por interesse em se livrar de parte das penas que teriam de cumprir para merecer a leniência. Conforme os investigadores, a Braskem só aceitou colaborar sem ressalvas após tomar conhecimento de que sua delinquência tinha deixado rastros. Sabemos, assim, que o arrependimento de praxe não revela boa-fé, mas esperteza. Tanto melhor! Convém dormir na mira, como fazem os atiradores de tocaia. Leniência não pode virar indulgência perpétua.
José Nêumane Pinto - jornalista, poeta e escritor

Fim de ano é cheio de expectativas

A estreia de Marcela Temer

​Casada há 13 anos com Michel Temer, ela se mudou recentemente para Brasília (na foto, no salão de beleza)
Com uma agenda nacional que começa a ser cumprida em janeiro, a primeira-dama é a nova aposta para tentar alavancar os índices de popularidade do governo

O estereótipo da primei­ra-dama dedicada a cuidar apenas do marido e da família parecia encaixar-se perfeitamente no perfil de Marcela Temer. Em 2010, quando Michel Temer foi eleito vice-presidente da República, ela nem sequer quis morar em Brasília. Tímida e avessa a badalações, preferiu ficar em São Paulo, longe dos holofotes, dedicando-se ao filho, Michelzinho, hoje com 7 anos.
A ascensão de Temer ao Planalto, porém, mudou radicalmente os planos de Marcela, embora não o seu comportamento. No papel de primei­ra-dama desde 21 de agosto, quando Temer assumiu definitivamente a Presidência da República, ela quase não se fez ouvir até agora. Marcela apareceu aqui e ali, sempre de maneira discreta e protegida por seguranças que impedem a aproximação de jornalistas. A ordem era preservá-la, mantê-la afastada das intrigas típicas do poder.
Os cuidados tiveram efeito contrário. Em praticamente todos os eventos aos quais compareceu, Marcela chamou atenção, despertou curiosidade e, mesmo sem pronunciar uma palavra, produziu o que os marqueteiros chamam de “uma agenda positiva”. Os assessores do presidente Temer decodificaram esses sinais. Perceberam que a ressurreição da figura da primeira-dama pode ajudar a melhorar a imagem do governo, e agora querem alçá-la ao papel de protagonista.
No início do governo, Marcela tornou-se “embaixadora” do Programa Criança Feliz e ganhou um gabinete no Palácio do Planalto. Era uma função meramente protocolar. Nos últimos dois meses, com investimento e foco, a primeira-dama passou a submeter-se a um intenso programa de treinamento, que inclui contatos com alguns dos maiores especialistas em políticas para a primeira infância. A estreia no novo papel está marcada para meados de janeiro.
Ninguém admite publicamente, mas, nos bastidores, o Planalto espera que “o frescor que a imagem de Marcela pode prover”, segundo um assessor, renda dividendos também ao governo do marido, visto com simpatia por menos de 10% dos brasileiros e acossado pelo desempenho fraco na economia e pelo avanço da Operação Lava-Ja­to. Será um desafio e tanto. “Pelo perfil que o presidencialismo tem, mesmo uma primeira­-dama que tenha muito preparo e que seja muito querida não atinge mais que 5% da visibilidade do presidente. É uma posição muito mais decorativa do que qualquer coisa”, diz o cientista político Rubens Figueiredo.

31 de Dezembro - Dia da Corrida Internacional de São Silvestre

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Campanha difamatória contra os Colégios Militares

Prezados amigos,
O Sistema Colégio Militar do Brasil (SCMB) está sofrendo uma campanha difamatória através de uma página anônima no Facebook desde ontem. O inescrupuloso objetivo, obviamente, é atingir os Colégios Militares, verdadeiras referências na Educação do País, e também as Forças Armadas, dada à confiança que gozam junto ao povo brasileiro. A origem, sabemos bem qual é. A página está em https://www.facebook.com/nomeucm/
Além de a DEPA/DECEX já estarem estudando o que é possível fazer legalmente, foi postado hoje no Facebook do CMPA um belo vídeo sobre o SCMB, produzido com maestria pelo CCOMSEX.
A ideia inicial é ignorar os ataques (negando espaço e repercussão), desbordar e conquistar o coração e a alma de alunos, antigos alunos, pais, professores, militares, funcionários civis e amigos dos CM, em uma grande corrente positiva que, pela força da emoção, neutralize qualquer impacto negativo.
Felizmente, estamos tendo êxito, pois, postado hoje pela manhã, o vídeo já teve cerca de 4,6 mil visualizações e já atingiu mais de 13 mil pessoas até às 16 horas de hoje, com muitas curtidas e comentários, todos positivos, tanto na página do CMPA como nos vários perfis individuais e grupos de alunos e antigos alunos onde está sendo compartilhado.
Sendo assim, caso tenha perfil no Facebook, solicito a gentileza de curtir e comentar, bem como de compartilhar o vídeo em seu perfil, pois juntos somos mais fortes. Ele está em https://www.facebook.com/colegiomilitardeportoalegre/videos/10154449501513821/
Caso não tenha, compartilhe o vídeo (anexo) por e-mail junto a seus amigos. O importante é fazer uma grande corrente que demonstre nossa força e união.
Um forte abraço e um 2017 de muita paz, saúde e realizações!
Do amigo, Araujo
video

Quem quer cinco meses de férias remuneradas? ✰ Comentário de Marco Antonio Villa

video
Citado na Lava Jato, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro se licencia do cargo por três meses.
Além do afastamento, a partir do dia 6 de março, Jonas Lopes de Carvalho poderá tirar férias por mais 60 dias.

Lugar da Marinha do Brasil, segundo "O Globo"


Já que não podemos perguntar "Qual o lugar da Globo se num prostíbulo, em Wall Street ou na Praça Vermelha", votemos para "Na Orla Conde" para embaralhar a pesquisa destes idiotas da Globo.

Para votar

Reveillon dos silva

Parece que 2016 é um ano que não vai mesmo terminar no próximo dia 31

Dentro de aproximadamente dois dias e meio o calendário muda de 2016 para 2017, mas isso será apenas um detalhe automático. Alguns escritores deixaram para a posteridade frases nas quais diziam que determinado ano não havia terminado. É o que parece estar acontecendo com 2016. Pelo menos aqui no Brasil. O próximo ano indica que será uma continuidade do atual, a começar pelos políticos. Continuarão em Brasília deputados que tentarão mutilar o projeto anticorrupção e que aprovam projeto de renegociação de dívida dos estados sem contrapartidas. Nesse caso, o presidente Michel Temer diz que vetará, mas dá para acreditar nele? Com certeza o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai continuar não obedecendo ao Supremo Tribunal Federal (STF). Outros ministros perderão seus cargos por envolvimento de corrupção. Nos estados, veremos coisas incríveis sempre com o uso imoral de dinheiro público. Nos municípios, com novos vereadores e prefeitos, é certo que taremos casos como um dos últimos projetos aprovados pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro, criando o "Dia do Anão" (nada contra eles, mas essa é muito forte);
Daí se conclui por quê existe tanta referência, e reverência também, à democracia, em especial da parte de políticos corruptos. Isso nos faz admitir com bastante segurança que a maioria deles é totalmente inútil e até mesmo nociva ao país. Já está passando da hora de sairmos às ruas para exigir a aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que proma uma drástica redução do número de cargos eletivos, bem como a extinção do excesso de mordomias e outros ganhos nos contracheques dos ilustríssimos "representantes do povo", dinheiro sugado do bolso do povo através dos impostos mais elevados do mundo, para quem falta o devido retorno nos setores de Saúde, Educação, Segurança Pública e Transporte, além de uma elevada inflação e desemprego. Enquanto não é convocada mais uma manifestação nacional, o nosso grito tem de ser feito nas redes sociais, advertindo sempre aos parlamentares que em menos de dois anos teremos eleições gerais, e que teremos muito prazer em tirar o "emprego" de muita gente.

Previsões ou obviedades ✰ Comentário de Luiz Carlos Prates

video

Onyx Lorenzoni manda mensagem de Mau Ano Novo para Lula

Irônico, bem humorado, o deputado gaúcho Onyx Lorenzoni mandou postagem no seu Facebook com
votos de "felicidades" para Lula. Os votos são para 2018.
Em 2018, espera-se, Lula não escapará da cadeia ou do exílio. Onyx sabe disto.
Lula precisará evitar até viagens internacionais em 2018, porque poderá ser preso e deportado par os Estados Unidos. Tudo por ordem do governo Trump.

Carro sem ar condicionado


Quem faz essas listas de mordomias? ✰ Artigo de Rogério Mendelski

É sempre assim: os governos cancelam suas listas de mordomias quando elas são divulgadas. E saiba o prezado leitor que o cancelamento só ocorre por que os produtos listados para consumo são uma bofetada no rosto dos brasileiros decentes.
Nesta terça-feira, depois que o colunista Lauro Jardim (O Globo) publicou a relação do que iria se consumir a bordo da frota aérea presidencial, o Palácio do Planalto cancelou a licitação que custaria R$ 1.748.653,20 para o ano de 2017.
(...)
TRADIÇÃO EM GASTAR (1)
O jornal O Estado de S.Paulo, em 18/10/2015, já falava das mordomias do governo Dilma a bordo do avião presidencial: “Um dos mais caros cardápios é mantido à margem da contabilidade rotineira de copa e cozinha palaciana: custa R$ 2 milhões anuais o serviço de comida a bordo do avião presidencial.”
TRADIÇÃO EM GASTAR (2)
Prossegue o jornal: “Em 2006, Lula chegou a gastar R$ 3,7 milhões — mais que a conta dos cinco mil telefones da presidência naquele ano. Ele instituiu um padrão em voos, preservado por Dilma, com variedade de carnes (coelho assado, costeleta de cordeiro, rã, pato, picanha e peixe)”.
TRADIÇÃO EM GASTAR (3)
No governo Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, um sargento da Marinha foi enviado a Paris com a missão de aprender a cozinhar. Voltou, agradeceu e partiu para a aventura de um negócio próprio. E ficou por isso mesmo.
Rogério Mendelski - Jornalista e radialista gaúcho

Mensagem de fim de ano 2016 do Comandante da Força Aérea Brasileira

video

Comandantes militares – “reforma da ‘previdência’ só se tiver reestruturação de salários”.

Miriam LEITÃO continua vigiando as FORÇAS ARMADAS e fazendo campanha para que os militares sejam incluídos na “reforma da previdência”. A jornalista ainda não conseguiu entender que os MILITARES das Forças Armadas são uma categoria especial de funcionários públicos, com dedicação exclusiva e em tempo integral.
Os comandantes não querem se dobrar e, como havia anunciado o MINISTRO da defesa, exigem que, em caso de mudanças na contagem do tempo de serviço para a transferência para reserva remunerada, haja uma contrapartida por parte do governo, como criação / aumentos em algumas gratificações e criação de indenização de moradia.
Veja o texto de Miriam Leitão publicado nessa quinta-feira no GLOBO

Desodorante vencido

PT desmancha. Rui Falcão corre pro colo de Lula.

Rui Falcão jamais mandou nada e, com a crise, manda menos ainda.
Rui"n"zinho demorou, mas entendeu.
De peça decorativs a Bode. Se não sair agora, recairá sobre ele, a verdadeira face PT.
É coisa pra cana eterna.
Partido esconde número de "desfiliações", mas hemorragia, se não estancada, reduzirá pela metade a Legenda. Possibilidade trágica, para pretensões presidencialistas do Ali Babá.
Razões apontadas para descontentamento passam longe de preocupações morais ou de imagem, ao ver nome envolvido com lama, que emerge de esgotos, via Lava Jato.
O fim do amor eterno com prazo de validade, nasce do bolso abandonado.
No Governo, generosidade Petista garantia vidas confortaveis. Fonte secou.
Hora de migrar para vertedouros mais encorpados. Lula só ve crescer Inferno Astral.
Envolvido com Campanha e driblar Moro, não tem tempo, nem saco, pra se preocupar com Partido, mas precisa da Legenda Forte, pra continuar na briga pra 2018.
Ala mais jovem do Partido, aposta no dissecar, pra virar mesa e jogo.
Forçar saída dos Jurássicos corrompidos, investindo na renovação e Lula é o grande problema. Traz oxigênio às Múmias, que teimam em não largar osso.
Especialistas apostam na volta de Lula à presidência do Partido.
Lula pode até aceitar "Cadeira Honoraria", mas assumir literalmente, descartado por completo.
Ideal seria encontrar jovem carismático, com força de unir Legenda, em torno da Campanha de Lula. Mosca branca de olhos azuis, pilotando Harlley. Mesmo que surja... E o medo?
Dar poder à uma fera com esse perfil, significaria entregar Depósito de Filé à guarda de Pit Bull, apostando que cãozinho seja vegetariano.
A cada fato, a certeza. O ano de 2016 abriu cova do Deus dos Mortadelas.
Apesar do esforço de vender imagem de imortalidade e retorno ainda mais forte, revela-se tendência de chegar a hora de carreira política de Lula, se recolher à última morada.
VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO.
Coisas de um País que virou uma coisa. E Assim o Mundo Gira e o brasil se Afunda.

Mensagem de fim de ano 2016 do Comandante do Exército brasileiro

video

Petrobras vende refinaria NSS, em Okinawa, para a Taiyo, por US$ 165 milhões

A Petrobras vendeu a totalidade das ações na refinaria Nansei Sekiyu (NSS), de Okinawa, no Japão, para a Taiyo Oil Company. De acordo com comunicado nesta quinta-feira, 29, a operação foi concluída ontem com o pagamento pela Taiyo de US$ 165 milhões à Petrobras International Braspetro, sujeito a ajustes finais. Ainda segundo a Petrobras, todas as condições precedentes previstas no contrato, assinado em 17 de outubro, foram cumpridas.
A venda da refinaria para a Taiyo havia sido antecipada pela Coluna Direto da Fonte, do jornal O Estado de S. Paulo, semana passada. A capacidade de processamento é de 100 mil barris por dia de petróleo. A japonesa Taiyo, de capital fechado, possui sede em Tóquio.
A Petrobras afirma que a operação foi contabilizada no programa de parcerias e desinvestimentos, que atingiu US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016, e "está alinhada ao Plano Estratégico da Petrobras que prevê a otimização do portfólio de negócios". A meta do programa de parcerias e desinvestimentos para o biênio anteriormente divulgada era de US$ 15,1 bilhões.
O anúncio de hoje se soma ao feito na noite de quarta-feira, sobre as vendas da Petroquímica Suape e da Citepe para o Grupo Petrotemex S.A. de C.V. e Dak Americas Exterior, S.L, subsidiárias da mexicana Alpek, por US$ 385 milhões, e da participação na Guarani para a Tereos por US$ 202 milhões.

Sexta-feira é dia...


Feliz Livro Novo

Quando 2016 começou, ele era todo seu. Foi colocado em suas mãos...
Você podia fazer dele o que quisesse... Era como um LIVRO em branco, e nele você podia colocar um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração.
Podia...
Hoje, já não pode mais; ele não é mais seu. É um livro já escrito... Concluído.
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele, um dia, lhe será lido, com todos os detalhes, e você não o poderá corrigir. Estará fora do seu alcance.
Portanto, antes que 2016 termine, reflita, tome seu velho livro e folheie-o com cuidado. Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência; faça o exercício de lê-lo a você mesmo. Leia tudo...
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo. Leia, também, as páginas que gostaria de nunca ter escrito. Não tente arrancá-las. Seria inútil. Já estão escritas. Mas, você pode lê-las enquanto escreve o seu novo livro. O livro que lhe será entregue. Assim, você poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para o preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar o seu velho livro, beije-o. Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele... Não importa como ou onde você esteja... Ainda que nele você encontre páginas negras, deixe-as lá e diga, apenas, duas palavras: OBRIGADO/A e PERDÃO!
E quando 2017 chegar, ser-lhe-á entregue outro Livro. Um livro novo, limpo, branco todo seu, no qual você irá escrever o que desejar...
FELIZ LIVRO NOVO!
Desconheço a autoria

Mensagem fim de Ano 2016 do Comandante da Marinha do Brasil

video

Litoral gaúcho, mar com cocô. Até quando?

Ano 2016. Temporada 2017. Automóveis lembram Naves Espaciais. Universo on line globalizou o Planeta. Inter caiu pra segundona e litoral do Rio Grande do Sul continua sem saneamento básico.
Na Província de São Pedro cocô também veraneia. Passeia pelas ruas, circula na areia do mar e se delicia nas gélidas águas do Atlântico, exalando seu perfume de felicidade.
Difícil definir saudáveis dos adoentados. Todos exibem o marrom bronze do Sol. Privilégio de poucos. Sociáveis, se misturam à multidão.
Semana passada senhor se afogava. Salva Vidas, destemido e treinado enfrentou a fúria do mar. Salvou um cocô por engano e deixou velhinho brincando de roxinho.
Complicado foi a respiração boca à boca.
Senso realizado sobre população flutuante entre Cidreira e Torres, incluindo região de Tramandaí, Imbé e Capão, no período do Réveillon: - 3 milhões, sendo 2 milhões de cocôs. Assim não dá. É muita gente tomando espaço dos cocôs.
Cocôs para todos os gostos; pastoso, liquido ou padrão japonês (torosso).
Por quê não realizam obras necessárias? Falta de Verba? Como não tem pra Cocô, se sobra pra CCs?
Conforme diria o rapaz que pintou minha casa: "Cadê o Róia da Pretobrais?
Pois é! A continuar, Tramandaí e Imbé não precisarão do "Róia do Pretolio". Viverão dos ganhos do adubo orgânico.
Salva Vidas:
Bom prestar atenção. Na gloriosa temporada 2017, a cada 5 guaritas, 3 estão vazias.
Se desejar se afogar, sendo salvo com estilo, com direito a virar noticia no JA da RBS, confira no Google os números das guaritas premiadas, pra não correr o risco de virar cocô de peixe.
Outra opção - Ligar 0800 171 171 171. Canal criado pelo Governo, em respeito à população.
La você terá todas as informações, por apenas US 3,99 + Taxas.
Dinheiro arrecadado será investido na Educação, dos filhos dos Políticos, em escolas no exterior.
Devido à grande procura e congestionamento, durante 1 hora de espera, como cortesia, usuário poderá ouvir gravação, com Simone agredindo memoria de John Lenon, cantando versões de músicas de Natal.
No caso de irritação com interminável espeta, existe opção Roberto Carlos, interpretando "Jesus Cristo eu estou aqui "... Vai quem escutem!
Pra quem chega a Osório pela Free Way, atenção. Novo Radar na saída da Rodovia, para RS 030.
Você sai de 100 km, numa armadilha, que tá pegando todo mundo.
Não esqueça. Saiu da Free Way, reduza pra 60 km. Criar Fábrica de Multas "ELES" sabem. Não passam de uns Cocôs.
VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO.
Coisas de um País que virou uma coisa. E Assim o Mundo Gira e o brasil se Afunda.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...