domingo, 29 de janeiro de 2017

Dilma informava João Santana sobre as investigações secretas da PF na Lava Jato

Não é uma reportagem de capa (a revista preferiu Eike Batista), mas o material da revista Veja desta semana, intitulado "Revelações dos Marqueteiros" é inédito, altamente corrosivo e deixa Dilma Roussef na linha de tiro dos policiais federais e dos procuradores da Lava Jato.
A revista diz que procurou Dilma para falar sobre as delações dos marqueteiros João Santana e Duda Mendonça, mas não conseguiu localizá-la.
É mais do que criminosa a ação da líder petista ao decidir criar uma conta de e-mail para vazar para João Santana e sua mulher, Mônica Moura, informações reservadas das investigações. Mônica Moura formatou o e-mail impenetrável durante reunião secreta que manteve com Dilma no Palácio do Alvorada. Dilma usou essa conta para avisar Mônica e João Santana sobre a iminência da prisão de ambos por parte da Lava Jato. Isto foi no final de 2015.
O marqueteiro João Santana contou que Dilma Roussef sabia de tudo e vazava seletivamente o que sabia, porque era abastecida por seu ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O próprio ministro prevenia seus aliados mais visados, usando esta senha:
- Ventos frios sopram de Curitiba.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...