domingo, 29 de janeiro de 2017

Polícia Federal quer mais prazo para provar que sítio é de Lula

A Polícia Federal pediu ao Ministério Público Federal que o prazo para o encerramento de um inquérito contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja prorrogado. De acordo com o despacho do delegado Márcio Anselmo, a investigação apura se um sítio no município de Atibaia, em São Paulo, pertence ao ex-presidente.
O sítio está registrado em nome dos empresários Jonas Suassuna e Fernando Bittar, sócios do filho do ex-presidente, Fábio Luis Lula da Silva. No entanto, os investigadores dizem que há indícios de que a propriedade pertenceria ao ex-presidente e de que a escritura apenas oculta o nome do verdadeiro dono. A defesa de Lula nega que ele seja dono do imóvel.
Conforme Anselmo, ainda falta analisar documentos que foram apreendidos na deflagração da 24ª fase da Operação Lava-Jato, que teve Lula como alvo. O Ministério Público Federal , no entanto, ainda não decidiu se vai aceitar o pedido do delegado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...