terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Escritor chama governo de “golpista”, mas não recusa prêmio de R$ 300 mil dado pelo governo

Raduan Nassar é, sem dúvida alguma, um ótimo escritor. Como tal, recebeu o Prêmio Camões de Literatura, criado em 1988 e realizado pela Biblioteca Nacional, órgão subordinado ao Ministério da Cultura.
Na hora de receber a honraria, porém, surgiu o discurso político-partidário. O escritor disse que o governo era “golpista”, tendo havido bate-boca com Roberto Freire, atual titular do MinC. Ainda assim, vejam só, o homenageado não recusou o prêmio.
E ganhou os 100 mil euros, algo em torno de R$ 327 mil. Afinal, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Houve quem dissesse até mesmo que o prêmio seria conferido pelo “estado”, não pelo governo. Bobagem. E ele venceu ainda em 2016, quando Dilma era presidente – o escritor participou de ato em defesa da petista.
Vida que segue.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...