domingo, 19 de março de 2017

A Operação Carne Fraca revela uma tentativa de homicídio contra a população

Se há coisa que não falta no Brasil é notícia sobre algum tipo de crime praticado por quem não deveria fazer tal coisa. Crimes de corrupção de políticos desviando dinheiro público e crimes eleitores pelos mesmo "atores" estão entupindo a mídia durante o dia inteiro. Agora, aconteceu mais um tipo de crime, que pode ser considerado como hediondo, pois é colocar vidas humanas em risco distribuir no mercado salsicha, mortadela, carnes e aves, bem como a reembalagem de produtos vencidos. É como tem de ser tratado o que foi descoberto pela chamada Operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal (PF) em seis estados e no Distrito Federal, envolvendo JBS e BRF, os maiores frigoríficos do país, praticando falcatruas como camuflagem de carne estragada com produto cancerígeno e que era repassada até para merenda escolar, além de ser utilizada no consumo interno e exportada para a Europa e Estados Unidos, o que provocou imediata reação da União Europeia e dos norte-americanos, que vão acompanhar os desdobramentos das investigações;
Toda essa coisa suja (literalmente) só aconteceu, logicamente, com a conivência de autoridades e envolvendo propinas para afrouxar qualquer tipo de fiscalização por parte do Ministério da Agricultura. Tanto é que o delegado federal Maurício Moscardi Grillo declarou em entrevista coletiva concedida em Curitiba que parte das propinas abastecia o PMDB e o PP, partidos da base do governo de Michel Temer no Congresso. Para piorar o quadro, numa das gravações telefônicas ouvidas pela PF aparece o novo ministro da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB-PR), nomeado por Temer há mais ou menos um mês, e também diversos parlamentares dos dois partidos, todos em conversas nada republicanas. O que foi descoberto é, de certo modo, pior que os desvios de dinheiro destinado à Saúde. É tentativa de homicídio! Empresários e políticos não podem ficar impunes e têm de ser rigorosamente castigados, o quanto antes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...