sexta-feira, 10 de março de 2017

O mundo pelo avesso. "Lula Brahma" queria prender Sérgio Moro

Ou a Justiça se impõe ou esse tal de Lula, de forma chula, irá fazê-la enfiar esses processos contra ele, em diversos lugares.

Se achando um verdadeiro Deus! O ex-presidente, ex-palestrante, Réu e ator Lula da Silva, vendo a possibilidade de ser preso, partiu para o ataque e, na condição de RÉU, quer a todo custo prender o juiz.
O que se visualiza nessa estória é que, Lula será preso e de tanto gastar dinheiro com advogados, vai terminar mais pobre do que quando chegou em SP num “pau de arara”.
Segundo a imprensa, na ação penal movida contra o juiz Sergio Moro, a defesa de Lula pediu uma multa a Moro de até R$ 5 milhões, perda do cargo e inabilitação do exercício de função pública por até três anos e detenção por até seis meses.
A defesa do juiz federal foi feita pela esposa dele, Rosângela Wolff Moro. Ela classificou a queixa-crime como uma tentativa de intimidar o Poder Judiciário e lembrou uma das falas de Lula captada em interceptação na qual o ex-presidente afirmava que os juízes “tem que ter medo”.
A decisão, por unanimidade, é da 4ª Seção do TRF4, formada pelos desembargadores das 7ª e 8ª Turmas, especializadas em Direito Criminal, competente para julgar queixas contra juízes federais. Para o desembargador Sebastião Ogê Muniz, relator da ação penal, acusações semelhantes contra Moro já foram levadas ao Ministério Público Federal (MPF), e foram rejeitadas.
Segundo ele, para que um novo processo fosse aberto nesse sentido teriam que existir novas provas, que não foram apresentadas. Ele afirma ainda que a condução coercitiva de Lula foi necessária. "A autorização da busca e apreensão era adequada, necessária e imprescindível”, afirmou em seu voto. Os cinco demais desembargadores federais acompanharam a decisão.
Os advogados de Lula informaram a imprensa que vão recorrer da decisão. "A ação está assentada em excessos por ele [juiz Sergio Moro] praticados, com finalidade diversa das investigações", diz a nota divulgada pela defesa do ex-presidente.
Os defensores reforçam ainda que as medidas tomadas por Moro tinham "o claro objetivo de impor a esses últimos constrangimento e humilhação, além de tentar fragilizar o ex-presidente".

Um comentário:

Anônimo disse...

A queixa-crime ajuizada por Luiz Inácio Lula da Silva e quadrilha familiar, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, contra o Juiz Sérgio Moro, foi rejeitada por unanimidade. Quando será que ele e seus advogados vão entender que um réu em cinco processos não tem moral para processar ninguém? muito menos um Juiz? Esse verme gigante, uma teratogenia da natureza, não ganha uma, vai para a cadeia mesmo, se antes não for para o cemitério. Quero viver o suficiente para ver esse dia.
Humberto de Luna Freire Filho, médico

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...