terça-feira, 25 de abril de 2017

Vídeo flagra uma agente socioeducativa beijando menor infrator dentro da Funase

Câmeras de monitoramento do sistema de segurança da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em Recife, Pernambuco, flagraram o momento em que um menor infrator interno e uma agente da instituição se abraçam e se beijam nos corredores do prédio.
As imagens foram compartilhadas nas redes sociais nos últimos dias e provocaram o espanto de internautas e da direção da unidade. O caso aconteceu na Funase da cidade de Cabo de Santo Agostinho, localizada na Região Metropolitana da capital pernambucana.
Pelo vídeo fica nítido que há o envolvimento amoroso do interno e da funcionária. O conteúdo mostra o adolescente, vestindo uma camiseta regata branca, andando por um corredor até o local onde está a agente. Ele dá uma olhada para trás e segue caminhando até a moça. Ela o aguarda no final do corredor abrindo os braços. Assim que ele está bem próximo, ambos se abraçam. Depois, se beijam encostados em uma parede e adentram, ainda colados, em um outro recinto.
Há um outro interno de camisa vermelha na cena, que vai na mesma direção, e também parece impressionado com o que vê.
Depois que a repercussão das imagens compartilhadas nas redes sociais aumentou, a Funase se posicionou por meio de uma nota oficial. No comunicado a Fundação admitiu que a postura observada nas imagens não é a esperada pela profissional.
De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, uma investigação foi aberta e a agente socioeducativa já foi identificada. Ela foi encaminhada ao setor de departamento pessoal da Fundação, que vai apurar os fatos, ouvindo todas as partes para determinar a responsabilização da profissional.
O nome da moça não foi informado.
As funcionarias que analisam e ao mesmo tempo filmam as imagens captadas pelo sistema de monitoramento se impressionam com o que visualizam. Elas pedem para quem está manipulando as imagens no computador aproximem o foco para ver melhor o momento em que o casal se abraça e se beija.
“Da um zum. Volta um pouquinho e dá um zum”, diz uma funcionária.
“Até o adolescente se assustou”, comenta outra.
O vídeo termina após 47 segundos.
“Meu Deus do céu”, exclama ao final a primeira espectadora. Os comentários acerca do conteúdo nos posts do Facebook onde foi compartilhado são as piores possíveis. Muitos usuários da rede social classificam a agente socioeducativa como “marmita de bandido”.
Na unidade onde os fatos ocorreram são atendidos adolescentes e também jovens, com faixa etária entre 17 e 21 anos.
News365
video

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...