sexta-feira, 19 de maio de 2017

Por que acho que as delações não alcançam Temer ✰ Opinião de Políbio Braga

Desde o início da manhã o editor tem analisado com leitores e conhecidos o cenário político decorrente do Caso JBS, avaliando que o presidente Michel Temer não renunciaria, não seria impedido e nem teria motivos para se alarmar em demasia com a crise política.
O caso não são apenas os bons fundamentos da economia, que ele estabilizou, nem tampouco a retomada da governabilidade, que ele executou.
Acontece que os trechos vazados em texto sobre a reunião traiçoeira entre Joesley Batista e o presidente, não permitem vislumbrar sem sombra de dúvidas a ocorrência de crimes por parte de Michel Temer.
Basta ler tudo com atenção. Há que ler com atenção.
Acontece que quase toda a mídia, áreas ligadas à PGR, à PF e ao STF, além de agentes políticos interessados em confundir para tirar vantagem, fizeram leituras precipitadas e alarmantes, enxergando respostas sobre perguntas que não foram feitas a Temer pelo delator Joesley Batista.
Os áudios gravados, quando liberados, mostrarão isto mais claramente.
Nada do que virá, será mais escandaloso do que já saiu.
Michel Temer resistirá.
Os demais casos, com ênfase para o senador Aécio Neves, são de fato corrosivos, escandalosos e criminosos.
E todos deverão pagar pelo que fizeram.
Polibio Braga

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...