terça-feira, 23 de maio de 2017

São Paulo - Por que a Cracolândia não vai acabar?

Traficantes, viciados e prostitutas são os eternos frequentadores da Cracolândia em São Paulo. 
Por isso, eles apenas mudarão de lugar.

Querendo se manter no poder, por tempo indeterminado, o Partido dos Trabalhadores, PT, a princípio, fez vista grossa com relação ao acúmulo de pessoas carentes de droga, que as vistas do governo, resolveram se juntar e criar um local deprimente e perigoso para o cidadão comum. Ali o Crack tem a preferência e no dia a dia vai destruindo seres humanos, que levado pela fraqueza de espirito, se deixa levar pelas drogas.
Cracolândia, criada na época dos governos petistas, é uma denominação popular para a região existente no centro da cidade de São Paulo, nas imediações avenidas Duque de Caxias, Ipiranga, Rio Branco, a Rua Mauá e da Estação Júlio Prestes, onde historicamente se desenvolve intenso tráfico de drogas e baixo meretrício.
No momento, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito João Doria (PSDB) estão querendo acabar com a promiscuidade vergonhosa existente naquele local. E estão elogiando o resultado da operação que prendeu 36 traficantes que abasteciam e atuavam na região da Cracolândia, no centro da capital, neste domingo.
Segundo o Prefeito de SP, "não há possibilidade de voltar a Cracolândia na circunstância que havia anteriormente nessa região da Luz." Em fevereiro, Doria já havia dito que iria retirar os usuários da Cracolândia até junho deste ano.
O prefeito destacou as ações que serão realizadas na área, com foco na saúde e na reurbanização. "Essa área permanecerá cercada e vigiada pela Polícia Militar e pela Guarda Civil Metropolitana. Será feita a limpeza de toda região.
Doria, eles se reunirão em outro local, é só uma questão de tempo. O crime Organizado manda no Brasil e, portanto, não desistirá da Cracolândia. Quem viver verá!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...