terça-feira, 20 de junho de 2017

Absolvições inesperadas de duas mulheres culpadas

Já tratei do assunto, surpreendido com a decisão insensata do juiz Sergio Moro, de inocentar Claudia Cruz e Adriana Ancelmo. Seus maridos, presos e já condenados uma vez, fizeram defesas apaixonadas delas. Eduardo Cunha deixou transparecer que sua mulher não tinha culpa alguma. E se ela fosse condenada, "faria delação"
Sergio Cabral, no primeiro depoimento, se mostrou revoltado, e afirmou textualmente: "Minha mulher não tem nada com isso, cometi alguns equívocos, mas ela não sabia de nada". Agora tenho que voltar ao assunto, se complicou, a repercussão negativa foi total. Os protestos correram e correm o país , mesmo os que defendem o juiz Moro, estranham o comportamento dele, nos dois casos.
A Polícia Federal e o Ministério Público que fizeram trabalho primoroso a respeito de Claudia Cruz, não se conformam. Principalmente na alegada inocência do juiz: "Falta de provas". Ora, exatamente ao contrario, inundaram o processo com acusações provadas e comprovadas. Chegaram a fazer um programa de televisão, que exibiram para estarrecimento geral.
Mostraram que ele gastou no exterior, mais de 1 milhão e meio de dólares, principalmente em roupas caras e luxuosas. Já recorreram contra Sergio Moro, vão ganhar.
A MULHER DE CABRAL
De uma certa maneira, muito mais culpada. Foi cúmplice e participante, recebeu joias que valiam milhões, compradas em joalherias famosas, pagas em DINHEIRO VIVO. (As joalherias confessaram, fizeram delação). Adriana Ancelmo tinha escritório de advocacia, envolvidíssimo, e chafurdado na lama da corrupção.
Vem sendo protegida, posta em liberdade por ter filhos pequenos. Eduardo Cunha, depondo ontem, desmentiu Joasley Batista, que não conversa com Temer no porão do palácio, confessou: "estou tratando da vida de Eduardo Cunha". E Temer, "Continue fazendo isso". Cunha disse agora: "Meu silencio jamais esteve á venda". A Força Tarefa recorreu novamente. Vai ganhar outra vez. Está demorando, são enormes os interesses.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...