terça-feira, 13 de junho de 2017

Apagaram o candeeiro e derramaram o gás

“Um juiz, deslocado para uma cidade do interior, levou sua fogosa mulher”.
Em pouco tempo toda cidade sabia das estripulias da mesma.
Um advogado compadecido resolveu alertá-lo​. Disse-lhe que tinha filmado um jovem entrar em sua casa, após ele sair para trabalhar.
Mas, ele alegou que o filme não era válido por que não havia autorização judicial para o mesmo.
Então, o advogado sugeriu que ele voltasse para casa durante​ o horário de trabalho​ e testemunhasse ele mesmo.
E, assim, à noite falou que ia ao Fórum e voltou para casa.
No dia seguinte, o colega advogado perguntou o que tinha acontecido.
Está tudo bem. Quando entrei em casa ouvi minha mulher conversando com um homem no quarto. Sem que eles percebessem abri a porta, estavam deitados na cama.
Então, e daí?
Daí, ela apagou a luz e eu não vi mais nada.
ESSE JUIZ DA ESTÓRIA, ALÉM DE CORNO, PARECE SER O RETRATO DO POVO BRASILEIRO: 
PASSIVO; OMISSO E INDIFERENTE.
Francisco Ferreira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...