quinta-feira, 8 de junho de 2017

"Eu te amo, Temer !", gritou a mulher que invadiu esta manhã o Palácio do Planalto

Janeth Rosa de Souza é vista deitada na entrada do Palácio do Planalto, em Brasília. 
Ela gritava que não queria morrer antes de falar com o presidente Michel Temer. 
O episódio aconteceu minutos antes do início de uma cerimônia oficial com Temer

Uma mulher passou mal após tentar invadir o Palácio do Planalto na manhã desta quarta-feira (7) aos gritos de “Michel Temer, eu te amo” e “eu não quero morrer sem te ver”. Ela foi barrada pelos seguranças antes de conseguir entrar no prédio.
Muito nervosa, Janethe Rosa de Souza Ovídio passou mal e deitou-se no chão. Em seguida, foi amparada pelos brigadistas e levada para atendimento médico dentro do Palácio em uma cadeira de rodas.
Uma testemunha que acompanhou o incidente disse que, quando estava sendo transportada para atendimento médico, a mulher teria dito que os brigadistas estavam mentindo para ela sobre levá-la ao encontro do presidente.
Segundo uma nota divulgada pelo Gabinete de Segurança Institucional de Presidência, Janethe se alterou ao ser informada pelos seguranças sobre os procedimentos para obter uma audiência com o presidente Temer.
De acordo com a assessoria do Planalto, não há um procedimento específico para solicitação por pessoas comuns de audiência com Temer. Os pedidos devem ser encaminhados para o gabinete adjunto da agenda do Presidente.
No momento do ocorrido, Temer participava de uma cerimônia no segundo andar do Planalto para anunciar o Plano Safra 2017/2018. Na ocasião, o presidente anunciou a liberação de R$ 190,2 bilhões de linha de crédito para produtores do setor.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...