quarta-feira, 7 de junho de 2017

Lutador de MMA espanca a namorada e é condenado à prisão perpétua

Lutador pode receber liberdade condicional após 36 anos cumpridos da sentença

O lutador ex-UFC e ex-Bellator Jon Koppenhaver, famoso pelo apelido "War Machine", recebeu nesta segunda-feira a sentença por seu ataque à ex-namorada, a atriz pornográfica Christy Mack, e a um amigo dela, Corey Thomas, ocorrido em 2014. O atleta foi condenado à prisão perpétua, com a possibilidade de sair em liberdade condicional após 36 anos na prisão, quando terá 71 anos de idade.
Em março, Koppenhaver foi considerado culpado em 29 de 34 acusações após as deliberações do júri. Essas acusações incluíam agressão sexual, sequestro e coerção, além de tentativa de homicídio. A sentença foi revelada apenas nesta segunda-feira.
Jon Koppenhaver, 35, estava preso desde 15 de agosto de 2014, sete dias após a noite de seu ataque a Mack e Thomas na casa da atriz em Las Vegas. Ele invadiu a residência, onde encontrou o casal e procedeu a agredi-los. War Machine socou e estrangulou Thomas, que sofreu uma fratura no nariz, um ombro deslocado, hematomas e marcas de mordida. Mack, por sua vez, teve dentes quebrados e fraturas nas costelas e no fígado. Ela fugiu para a casa de um vizinho quando Koppenhaver disse que iria procurar uma faca para matá-la, e publicou fotos da agressão nas redes sociais alguns dias depois.
Koppenhaver escapou e foi preso em Simi Valley, na Califórnia. Ele chegou a tentar suicídio enquanto aguardava julgamento. Após o veredito ser revelado, o lutador declarou que só tinha "alegria" por ter sido condenado, por ter se convertido à religião durante seu período na prisão, e que pretendia se desculpar a Christy Mack no futuro
War Machine participou da sexta temporada do reality show The Ultimate Fighter e fez duas lutas no UFC, em 2007 e 2008. Posteriormente, lutou no Bellator três vezes em 2013. Ele foi demitido da companhia imediatamente após a notícia da agressão a Mack. Seu cartel profissional no MMA é de 14 vitórias e cinco derrotas.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...