quarta-feira, 7 de junho de 2017

Michel Temer, D'Artagnan e os três mosqueteiros

Rodrigo Rocha Loures, Henrique Eduardo Alves, Michel Temer e Eliseu Padilha

Essa foto foi divulgada pela assessoria do então Michel Temer no dia em que a Câmara dos Deputados votava o impeachment de Dilma. Foi tirada no Palácio do Jaburu, cujo porão serviria tempos depois para o encontro secreto de Temer com Joesley Batista. Ali vocês podem ver a intimidade entre Temer e seu atual chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha com Rocha Loures e Henrique Eduardo Alves. Seriam os três mosqueteiros de Temer. O D'Artagnan na época era Eduardo Cunha que nesse dia ainda não tinha caído em desgraça, presidia a Câmara e comandava a sessão do impeachment. Rocha Loures e Henrique Eduardo estão presos. Eliseu Padilha e Michel Temer são investigados em inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal, assim como outra figura umbilical com o presidente, que não está nessa foto, mas estava lá no Jaburu no mesmo dia, Moreira Franco. Ali posavam para a foto de divulgação com expressão séria, mas o clima, segundo vários políticos que passaram por ali naquele dia decisivo, era de sorrisos, gargalhadas e comemoração, afinal Temer estava a um passo da cadeira presidencial, só faltava o Senado admitir o processo, o que aconteceu depois. 
Hoje a situação é inversa. Cunha, Loures e Henrique Eduardo estão atrás das grades. Mas os três que completam o seleto grupo e que estão livres, Temer, Padilha e Moreira, se esforçam em posar para as fotos fazendo expressão de que está tudo bem, mas nos bastidores os rostos revelam tensão e desânimo, sem lugar para qualquer comemoração.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...