quarta-feira, 14 de junho de 2017

Palmas para Aécio Neves!

Que vergonha a reunião da executiva nacional do PSDB. Teve até uma salva de palmas para Aécio Neves. Aliás, ele até mereceu, mas por outro motivo, afinal conseguiu colocar o partido aos seus pés para tentar salvar seu mandato de senador, ainda que vá arrastar seus correligionários para o fundo do poço, junto com o PMDB. 
O PSDB decidiu ficar no governo, manter todos os cargos, mas ao mesmo tempo vai recorrer da decisão do TSE que absolveu Temer, além de liberar os deputados federais para, se quiserem, votarem pela aceitação da denúncia da Procuradoria Geral da República contra Temer no STF, que deve ocorrer na próxima semana, isso porque o ministro Edson Fachin deu mais 5 dias para a Polícia Federal concluir o inquérito. 
Realmente o PSDB manteve a fama de ficar em cima do muro. Mas pagará um preço alto por estender a mão para Temer. Aliás, o jurista Miguel Reale Jr, um dos autores do pedido de impeachment de Dilma, já anunciou que vai deixar o partido. O presidente interino, senador Tasso Jereissati (CE) afirmou que a permanência dos tucanos no governo do PMDB "é uma incoerência que a História nos colocou". Ora, a História sempre apresenta alternativas, os tucanos é que escolheram o caminho errado, da incoerência, e serão cobrados em 2018, não tenham dúvidas.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...