sexta-feira, 30 de junho de 2017

Revelado esquema; Milhões de Lula pra Globo; via Lei Rouanet

Longe de força de expressão afirmar ser dinheiro de Lula, não do Governo ou do PT.
Lula usava Lei Rouanet, pra arrebanhar seguidores agradecidos, no meio jornalístico e entre celebridades do meio artístico, visando exclusivamente interesses pessoais. Era ele quem tinha chave do cofre e determinava destino das verbas.
Quantia considerável originariamente destinada ao apoio das artes, servindo interesses de arteiros...
"Modus Operandis":
- "Apoio Cultural" direcionado quase que exclusivamente a profissionais vinculados à Globo. Quantia insignificante destinada aos reles mortais, que se empilhavam em filas de espera emolduradas de burocracia e exigências, pra ser utilizada como prestação de contas moral à Sociedade, dando aspecto de legalidade à maracutaia
- Globais interessados em produzir peças de teatro ou filmes, enviavam Projetos ao Setor da Empresa, responsável por calcular custos; quanto mais barata a produção, maiores as chances de aprovação.
Cálculo incluía estrutura da Empresa, colocada à disposição dos apadrinhados Rouanet; garantia de entrada de mais dinheiro via Máquina Projac.
Beneficiados, além de receber parcela mínima, deixavam boa parte na Cia.
Todas as águas correndo para o mar.
- Com valores em mãos, documentação seguia para o Governo, solicitando quantia infinitamente superior. Diferença desviada para Empresa e alguns "agrados" necessários, pra agilizar os trâmites.
- Prática poluiu mercado com filmes de qualidade aquém do registrado em prestações de contas. Número chegou em patamares escandalosos, a pontos de não existirem salas de cinemas ou teatros, pra absorver a demanda.
Absurdo sob todos os aspectos; determinadas produções ficaram em cartaz por uma única semana, apenas pra legitimar sua existência e virar atração de canais fechados, assistidos por moscas.
Hoje Globo e seus "filhotes" lutam pela volta de Lula, por razões óbvias.
A Empresa encontrou nessa fonte de renda, capital fundamental pra manter gigantesca estrutura, não sendo essa a única vantagem vinda do grande parceiro.
Generosos empréstimos do BNDES, sempre gentilmente prorrogados, em condições padrão pai pra filho, engrossaram rol de transações normais de um passado recente, que deixou saudades.
Diante de denúncias em número cada vez maior em Redes Sociais, emissora inicia campanha de desqualificação desse novo tipo de "jornalismo", difícil de ser manipulado.
A partir de agora, confiável somente veículo de comunicação Global ou por ela indicada.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...