segunda-feira, 3 de julho de 2017

O acordão entre PT, PSDB e PMDB para salvar seus corruptos, esta funcionando

Sinceramente, a cada dia sinto mais vergonha de ter nascido num país tão corrupto, cínico e sem vergonha.

O homem da Mochila: PT
Após ser condenado a mais de 15 anos, o STF soltou o petista João Vaccari, “o Moch” – o sujeito que segundo delatores carregava para cima e para baixo, uma mochila nas costas cheia de dinheiro roubado da Petrobras.
O homem da mala: PMDB
Nesta sexta-feira, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, mandou soltar o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que estava preso desde 3 de junho, na esteira das revelações feitas pelo empresário Joesley Batista e outros executivos da JBS.
Ex-deputado federal e ex-assessor especial do presidente Michel Temer (PMDB), ele foi flagrado pela Polícia Federal saindo de um restaurante em São Paulo com uma mala contendo R$ 500 mil em propina entregue pelo executivo da JBS Ricardo Saud – ao ser preso, ele devolveu o dinheiro.
Salvando o senador Aécio Neves: PSDB
Afastado do cargo em maio, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) poderá voltar ao trabalho no Congresso. O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello assinou nesta sexta-feira uma decisão permitindo que o tucano retome suas atividades no Senado.
Ele menciona o artigo 53 da Carta Magna, segundo o qual "deputados e senadores são invioláveis civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos". O objetivo do artigo é garantir o exercício do mandato desses representantes eleitos pelo povo, que foram alvos de abusos autoritários no passado.
Salvando Michel Temer: PMDB
Na próxima semana, será iniciado o processo de salvamento do presidente Temer, na Câmara de Deputados. O presidente, delatado por um corrupto de alta periculosidade, diuturnamente, confiante na impunidade, gerenciada pela Justiça brasileira, sempre se dirige a população como um eterno inocente.
Salvando Lula da Silva: PT
Bem, agora, seguindo o contido no ACORDÃO determinado pela Máfia, só falta: o Juiz Sergio Moro declarar a inocência do famigerado “Dom Lulone”; o STF lhe dar respaldo para ser candidato em 2018 e o corrupto espertalhão voltar a presidência e recuperar a chave do cofre.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...