segunda-feira, 31 de julho de 2017

Petroleiros ignoram roubalheira e acusam a Lava Jato pelos problemas da Petrobrás

A FUP não admite que a política econômica errática de Dilma conduziu a economia à pior recessão da história e ao desemprego de 12 milhões de trabalhadores.
A Federação Única dos Petroleiros, que é alinhadíssima com o lulopetismo e calou diante dos desmandos criminosos que arrombaram os cofres da Petrobrás, inclusive por parte de petroleiros de grosso calibre, presta hoje outro serviço ao PT, mas também a Lula e a Dilma Roussef.
Fazendo coro ao que dizem há mais tempo políticos e economistas lulopetistas, a FUP disse ontem que o impacto da Operação Lava Jato e das políticas do governo Michel Temer na economia do país e no crescimento do desemprego é brutal:
- Quando a Lava Jato foi deflagrada, em março de 2014, o IBGE apontava taxa de desemprego no Brasil de 7,1% no trimestre encerrado naquele mês.Hoje, a taxa no período encerrado em junho chega a 13%, com 13,5 milhões de pessoas sem empregos.
Segundo o diretor de Relações Internacionais e de Movimentos Sociais da FUP, João Antônio de Moraes, só a cadeia de gás e petróleo comandada pela Petrobras perdeu cerca de 3 milhões de empregos:
- A Lava Jato fecha os estaleiros, proíbe as empresas brasileiras de disputar licitações e paralisa as obras.
A FUP nada diz sobre os assaltos feitos aos cofres da Petrobrás pelas empreiteiras e seus aliados da própria corporação, como Nestor Cerveró e Renato Duque, tudo para enriquecer e perpetuar no Poder o Partido dos Trabalhadores.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...