sexta-feira, 4 de agosto de 2017

A diferença entre Geremias Fontes e Pezão

Geremias de Mattos Fontes em 1966 foi indicado pelo regime militar para ocupar o cargo de governador do Estado do Rio de Janeiro, que exerceu entre 31 de janeiro de 1967 e 31 de março de 1971. 
Quando assumiu, o RJ foi assolado por grandes chuvas, e muita gente morreu. A cidade de Campos dos Goytacazes foi arrasada pelo transbordamento do Rio Paraíba do Sul. Antes da posse de Geremias, estava no cargo o vice-governador Teotônio Ferreira de Araújo, que era daquela cidade, e priorizou promover a reconstrução de seu reduto eleitoral, provocando o atraso de três meses no pagamento do funcionalismo estadual. 
A primeira providência de Geremias Fontes foi tomar dinheiro emprestado ao Banco do Brasil e botar a folha de pagamento em dia. Tudo muito diferente do que faz hoje o governador Pezão, que está arrasando a vida principalmente dos aposentados. São meses de atraso, e nem um pequeno "vale" está programado. Tem gente vendendo tudo, alguns morando nas ruas ou em abrigos, e outros recebendo cestas básicas doadas por funcionários que estão em situação melhor. 
Quanto a Geremias, que era pastor Presbiteriano, fundou uma entidade de recuperação de drogados, e cuidou de muita gente até seu falecimento em março de 2010. Cadê você, Pezão?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...