domingo, 13 de agosto de 2017

Brasil, um País "progressista" e surrealista

Segundo o Wikipédia, o progressismo refere-se a um conjunto de doutrinas filosóficas, éticas e econômicas baseado na ideia de que o progresso, entendido como avanço científico, tecnológico, econômico e social, é vital para o aperfeiçoamento da condição humana. Essa ideia de progresso integra o ideário iluminista e tem, como corolário, a crença de que as sociedades podem passar da barbárie à civilização, mediante o fortalecimento das bases do conhecimento empírico.
No pobre Brasil do Partido dos Trabalhadores (PT) e dessa esquerda medíocre, progressismo significa segregar a sociedade, criar castas de minorias para confrontar as maiorias. Aceito que cada uma decida sua vida da maneira que melhor lhe convier, em silêncio, na sua intimidade, sem a ingerência do Estado, não a exemplo do que vemos hoje quando uma minoria de homossexuais desafia e desrespeita uma maioria de heterossexual com apoio oficial.
E mais, pretos agredindo brancos, pobres agredindo ricos e empregados agredindo patrões, estimulados por sindicatos de classes dirigidos por pelegos parasitas do erário, tudo como se não existisse o empregador, isso seria a realização do empregado. Vivemos ou não em um país “SURREALISTA E PROGRESSISTA”?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...