segunda-feira, 25 de junho de 2018

Brigada Militar abre sindicância sobre o caso do deputado José Otávio Germano

A Brigada Militar decidiu abrir sindicância para esclarecer a participação de três soldados nos incidentes ocorridos na sexta-feira entre dois travestis e o deputado Zé Otávio Germano. O tenente-coronel Douglas da Rosa Soares, comandante do 11o BPM, considerou estranho o envolvimento dos brigadianos no caso.
Disse o tenente-coronel ao site do jornal Zero Hora deste domingo:
- Eles terão que explicar por que se meteram na briga, inclusive entregando dinheiro do deputado para os travestis.
O caso ganhou proporções quando dois travestis armaram escândalo na frente da casa de Zé Otávio, avenida Palmeira, Petrópolis, depois de ter estado com ele, exigindo pagamentos que diziam ser credores. A BM foi chamada e apaziguou o caso quando conseguiu R$ 2,5 mil do deputado para pagar os travestis.
Ontem, um familiar do deputado, o jornalista Farid Germano, disse para a Rádio Gaúcha que Zé Otávio está muito doente e precisa ser internado pela família para tratamento.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...