terça-feira, 5 de junho de 2018

Criminosos da Rede Globo atacam General Figueiredo

Sabendo que o General está morto e não pode mais se defender, sabendo que o Exército Brasileiro não tem intenção nenhuma de derrubar os criminosos do Governo Civil e que um ex-militar (Jair Bolsonaro) é o favorito da população para ocupar a Presidência em 2019, os vermes comunistas do Jornal Nacional apresentaram ontem, dia 4 de junho, nova matéria atacando os militares. 
Dessa vez dizem ter documentos provando corrupção durante o Governo do General João Baptista de Oliveira Figueiredo entre 1979 e 1985. O Exército e as demais Forças Armadas não tem direito algum de se queixarem: isso faz parte da "Democracia" que eles dizem defender. 
Além do General Figueiredo a reportagem também fez menção ao ex-Ministro Mário Andreazza e ao economista Delfim Neto - todos eles queridinhos da Rede Globo durante o Regime Militar que manteve o Brasil livre dos Vagabundos Petistas, do PC do B e do PSOL - partidos que são, junto com a ralé, com a geleia de cocô chamada "MDB", os marginais civis da Organização Criminosa que manda no Brasil em 2018.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...