sexta-feira, 15 de junho de 2018

O STF apronta mais uma e o crime organizado está feliz

O Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira (14), por 6 votos a 5, proibir a condução coercitiva.

Ninguém sabe o que vem acontecendo no STF e, em particular, com alguns juízes como: Gilmar Mendes; Rosa Weber; Dias Toffoli; Ricardo Lewandowski; Marco Aurélio Mello; Celso de Mello, parece-me que, desse grupo, ultimamente, só tem saído decisão que beneficia mafiosos da república. Contudo, como já era de se esperar, no julgamento, prevaleceu a posição do bom samaritano Gilmar Mendes que na condição de relator do processo e soltador mor, afirma que a condução coercitiva implica exposição e coação arbitrárias, que interfere no direito de locomoção, na liberdade, dignidade da pessoa humana, defesa e de garantia de não-autoincriminação.
Bem, acredito que com uma Corte desse nível, agindo dessa forma, a polícia deveria soltar todos os bandidos, fechar os presídios e deixar a merda escorrer. Não adianta gastar tanto dinheiro para investigar, prender e condenar, porque, sem constrangimento nenhum, o STF solta a bandidagem. E, para completar, agora resolveu não permitir nem que o bandido seja preso para prestar depoimento. Diante dessa coisa horrível que vem ocorrendo no Brasil, acredita-se que depois do próximo mês setembro, quando o ministro Dias Toffoli assumir a presidência do Supremo, essa coisa ficará bem pior.
Aí, o povo pergunta: quem pode fechar o STF? Quem poderá decretar o impeachment de um dos ministros ou de todos? Todavia, como parece que esse time da Corte é intocável, o povo volta a perguntar: será que acima desse pessoal só existe a Justiça divina?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...