sexta-feira, 29 de junho de 2018

O yuan dos chineses faria Ciro Gomes Presidente? ✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

Se procedente for o alegado “ânimo” dos chineses de contar com um preposto seu para governar o Brasil, como uma futura “colônia”, investindo pesado na candidatura de Ciro Gomes (um “cara” que não é de direita, de esquerda, de “centro”, mesmo de “nada”), poder-se-ia se garantir desde logo que esse será o futuro Presidente. E na verdade não seria nenhuma surpresa, depois de tanta “porcaria” que o Brasil já teve ocupando a cadeira presidencial.
Todavia há que se reconhecer que a eventual eleição de Ciro, comprada a “yuan”, ainda seria menos danosa ao Brasil do que as eleições passadas do “PT&Comparsas”, com vitórias obtidas mediante o roubo de bilhões dos cofres públicos.
E ninguém melhor que um “cabeça-oca” como o Ciro Gomes para se prestar a esse papel de “serviçal” dos chineses. Para ser eleito Presidente, Ciro toparia parceria até com o “diabo”, tamanha a sua obstinação nessa meta, desde longa data, talvez só superada pela de Lula.
Mas na verdade, qualquer “trocadinho” retirado do estupendo PIB chinês de US$ 12,1 trilhões (80 trilhões de yens) já seria o bastante para comprar a eleição no Brasil. Só para fins de comparação, o PIB brasileiro é de apenas US$ 1,796, ou seja, cerca de 7 (sete) vezes menor que o chinês. Outro referencial ao PIB brasileiro seria o valor atribuído ao que muitos garantem ter sido roubado no Serviço Público desde 2003.
Em 2014, o Produto Interno Bruto chinês correspondia a l6,6% do PIB MUNDIAL, enquanto o dos EUA era de “apenas” 16%. 
Mas essa qualidade de “qualquer um” atribuído ao ex-Governador do Ceará, se ajusta como uma luva ao perfil político desse político destrambelhado. Nada melhor que um deficiente de caráter como esse sujeito para ser comprado e mais tarde manipulado pelo poderio econômico e político chinês.
Como se vê diariamente nos noticiários internacionais, o Presidente chinês, Xi Jinping, pegou a mania de fazer uma espécie de turismo “político” inédito, viajando por todos os continentes e comprando tudo de interessante que vê pela frente. E o Brasil não fica nada para trás. Bem “devagarinho”, os chineses estão investindo alto na economia brasileira. E comprando tudo a “preço de banana”. E quando dominarem a economia, o “resto”, inclusive a política, viria ao natural, de arrasto. E ao que parece o primeiro investimento político chinês já teria começado, talvez com Ciro Gomes.
Os chineses já devem ter apreendido que uma vitória na deturpada “democracia” brasileira sempre vai depender da “compra” de votos. E também devem saber que o PT se manteve tanto tempo no poder, desde 2003, não só “roubando” o dinheiro público para suas campanhas eleitorais subsequentes, e “outras compras”, mas também distribuindo aos eleitores mais necessitados a esmola que chamaram de BOLSA FAMÍLIA, ”conversível” em votos nas urnas eleitorais eletrônicas, também manipuladas em flagrante fraude.
Ora, essa quantia dispendida pelo erário para pagar a folha de pagamento do “bolsa família”, expressiva em termos de economia do Brasil, seria uma verdadeira “meleca” para os chineses, que têm um PIB sete vezes maior que o brasileiro. Facilmente eles poderiam prometer na campanha presidencial de Ciro aumento expressivo do valor do BF e também multiplicar o número dos seus beneficiários. É claro que os “trouxas” acreditariam e os “chinas” jamais cumpririam essa promessa. Afinal eles representam a nova modalidade do IMPERIALISMO, o imperialismo mais moderno, ainda tendo a cara de pau de usar a máscara da ideologia “comunista” para dominar os outros povos como jamais antes foram dominados. Nesse ritmo, o imperialismo chinês vai acabar dominando o mundo.
Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...