quarta-feira, 27 de junho de 2018

Para o Brasil ser melhor, só mudando todo o Congresso

As pesquisas de intenção de votos para presidente da República demonstram que o eleitorado está querendo mudar, fugindo dos nomes que ao longo dos anos aparecem na urna eletrônica. 
Os pré-candidatos que lideram não são aqueles que seriam ideais para o país, mas são novidades. Se um deles for eleito, será que teria condições para implementar programas que proporcionariam mudar alguma coisa? Isto é praticamente impossível, porque tudo depende da aprovação do Congresso Nacional. Nosso sistema de governo é Presidencialista, mas não deixa de ser uma forma disfarçada de Parlamentarismo. E o que não falta é político corrupto com bastante dinheiro desviado de cofres públicos através de propinas proporcionadas por superfaturamento de obras contratadas. 
Então, cabe a nós tentar fazer uma limpeza geral no Senado Federal e na Câmara dos Deputados, ressalvando as exceções que incrivelmente existem. Temos, portanto, que ficar atentos às artimanhas de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal e de parlamentares que procuram insistentemente meios para até acabar com a Operação Lava-Jato. E vamos torcer para que a delação premiada do poderoso ex-ministro Antônio Palocci dos governos petistas de Lula e Dilma Rousseff, homologado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) não caia nas mãos dos ministros "petistas" da Segunda Turma do STF, porque o "Italiano" disse que o conteúdo de seus depoimento vai deixar Lula sem dormir, além de outros figurões do Legislativo, do Judiciário e dos grandes empresários que têm ou tiveram contratos com o Governo. 
Da mesma forma que a Copa da Mundo, teremos muitas emoções nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...