segunda-feira, 23 de julho de 2018

Livro-reportagem revela segredos incômodos sobre a guerrilha do Araguaia

O portal GT1 diz que “Borboletas e lobisomens”, de Hugo Studart, deve desagradar tanto aos militares quanto aos comunistas.

Em entrevista que conduziu com o historiador e jornalista Hugo Studart, Luciano Trigo, do site G1, conta que ele está lançando um livro que promete reacender o debate sobre a resistência armada à ditadura militar: “Borboletas e lobisomens” (editora Francisco Alves, 660 pgs. R$ 79) traz revelações bombásticas, que devem desagradar tanto aos militares quanto aos que cultuam uma imagem heroica dos integrantes da guerrilha do Araguaia – movimento armado que tentou promover uma revolução comunista no Brasil, entre 1967 e 1974, na fronteira entre os estados do Pará, Maranhão e Goiás, mas acabou sendo dizimado pelos militares.
Resultado de nove anos de pesquisa e do acesso a documentos secretos das Forças Armadas, o livro afirma, entre outras coisas, que:
Para ler toda a entrevista, que é bastante longa

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...