segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Policial Militar do Rio de Janeiro se suicida ao vivo no Facebook (Atenção: cenas fortes)

Um policial militar transmitiu a própria morte na noite deste sábado pelo Facebook. O soldado Douglas de Jesus Vieira, de 28 anos, estava há seis anos na PM e era lotado no 24º BPM (Queimados). As imagens dos últimos momentos do policial foram feitas na casa dele, em Brás de Pina, e provocaram comoção entre amigos, internautas e policiais, que vivem uma das mais graves crises da corporação.
Nas redes sociais, PMs associam a morte do soldado à falta de pagamento, uma vez que os servidores da segurança estão recebendo com atrasos. Há dezenove dias, no dia 11 de janeiro, Douglas também reclamou da falta de pagamento, em uma publicação no Facebook. "Eu preciso receber, minhas contas vão vencer", escreveu o PM em alusão ao hit 'Deu Onda'.
Rayane Cristina dos Santos, de 25 anos, ainda é casada com Douglas no papel, mas moravam separados há um ano. Eles têm uma filha, Luísa, de 1 ano e 3 meses. Segundo a jovem, Douglas tinha histórico de depressão e já foi internado quatro vezes na psiquiatria do Hospital Central da Polícia Militar. Da última vez, ficou uma semana internado após tentar se matar ingerindo bebidas e medicamentos.
- Ele tinha histórico de depressão, mas a gota d'água foi o atraso nos salários. Era muito certinho com as contas. Nos últimos meses, muitas vezes me ligava desesperado. Dizia que estava endividado e não sabia como iria pagar o aluguel - contou.
Ainda segundo Rayane, Douglas ligou para avisar o que faria.
- Ele já tinha ameaçado se matar outras vezes. Ontem à noite me ligou, uns 20 minutos antes, dizendo o que ia fazer, mas não acreditei porque ele já tinha falado isso antes. Era um ótimo pai. Sempre pedia que eu só falasse bem dele para ela. Nossa filha dormiu com ele da noite de sexta para sábado. Busquei ela às 7 horas na casa dele e, à noite, ele se matou - contou.
Na transmissão ao vivo, Douglas aparece deitado em sua cama e interage com os internautas que o assistem."E aí, tranquilidade? Tamo junto! Quero ver quem tem disposição pra ver bagulho ao vivo. Quem não tem estômago, mete o pé. O bagulho vai ficar doido agora", diz o policial. Em seguida, Douglas aponta a arma para cabeça e dispara. Nas imagens não é possível ver o PM morto, já que o celular cai da mão de Douglas e a imagem some.
Enquanto o policial falava, muitas pessoas pediam para que ele não cometesse o suicídio. "Pelo amor de Deus, Douglas", "para com isso!", "Por que você fez isso?" e "Douglas, para de bobeira" são algumas das mensagens que amigos do PM enviaram.A transmissão estava disponível apenas para os amigos do soldado.
Uma amiga do soldado que assistiu a transmissão e prefere não se identificar, disse que Douglas havia feito uma outra filmagem antes da que viralizou nas redes. Segundo ela, quem viu o vídeo acreditou que o PM estava fazendo uma "brincadeira de mau gosto".
Douglas deixa uma filha de um ano. O corpo do policial foi retirado da casa dele, em Brás de Pina, na Zona Norte do Rio, por volta das 05 horas da manhã deste domingo. Ainda não há informações sobre o velório e enterro do policial.
video

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...