quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Espírito Santo: Onde se defender é crime

Muitos confiam no estado como um protetor, porém esquecem que ele é um monopolista, ou seja, é ilegal competir com ele em proteger pessoas, e que você só pode se proteger conforme o estado permitir. O que acontece então quando o estado não te protege, ou pior, quando ele resolve se tornar o agressor? Você vira presa, claro.
Não há sociedade sem defesa de propriedade, isso é uma verdade. Porém confiar num monopolista coercitivo para proteção, e pior, confiar em entregar suas armas ao suposto protetor é a mais pura burrice. 
Você precisa ser um tipo especial de idiota para achar que isso é a proposta Libertária.
O resultado disso é que proteger sua propriedade se tornou um crime, cultivando a bandidagem mesmo quando o estado tenta lhe proteger e soltando esta bandidagem quando o estado prevarica. Como a população não tem meios de proteger sua propriedade, a sociedade inteira colapsa. 
E quem desarmou a população? Justamente o protetor que resolveu tirar férias.
Entenda a lição: se você não tem meios de proteger seus direitos, na prática eles não existem. Ou você tem armas, ou não tem nada.
E finalmente, sejamos sinceros: se a população do Espírito Santo estivesse armada, os criminosos estariam completamente aterrorizados.
video

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...