quinta-feira, 9 de março de 2017

Intervenção militar constitucional.

Tenho lido em várias páginas de redes sociais onde até grupos são formados em nome da tal intervenção militar constitucional.
Na minha opinião, pedir para milico intervir no país é tentativa de terceirizar o trabalho da população.
Quem tem que ir para as ruas e botar para phoder pra cima dessa cangalha de canalhas que estão nos governos é o povo, justamente o tal povo em que a constituição é referendada em seu nome.
A caserna, assim como quase todas as instituições da Pocilga estão infestadas de militares vermelhos, e justamente essa turma quer que tudo fique como está.
Após a abertura política lá na década de 1980, criou-se no país uma espécie de obrigação moral que todo mundo deveria ser de esquerda. Ser de direita virou crime de lesa pátria, e com esse modismo burro e parcela ou quase totalidade dos ruminantes eleitores a esquerda ganhou corpo e a direita foi extinta, a ponto de NÃO existir um único partido realmente de direita no Bananal. Acabou o equilíbrio.
A esquerda com aquela conversinha mole em se autodenominar dona do povo foi minando a democracia e o que vemos hoje é o resultado dessa situação.
O Brasil virou um puteiro de quinta categoria as instituições estão aparelhadas, a constituição é rasgada diariamente, inclusive por ministros do STF que deveriam ser os guardiões dela. E o povo está refém dessa situação e não tem culhões, vontade,cidadania ou patriotismo de partir para o pau, aí alguém em algum momento berrou em nome dos militares e os acomodados, ou idiotas uteis entenderam o recado. Jogar pra cima dos milicos o que NÓS povo, deveríamos fazer até que os milicos perceberem a situação e saírem dos quarteis em nome da democracia ou do povo.
Infelizmente após a abertura política a população foi sendo arrastada pelos ventos da "liberdade", e assim sucatearam o ensino, desmontaram o sentimento de pátria, jogaram o país na vala comum e transformaram a população em uma espécie de turba de retardados. Um povo que vive de reclamar, é agressivo com o vizinho, machos em bando, e não entendem nada de nada em relação aos deveres com o país. Conhecem "male má" os direitos de cidadão.
Um povo que veste verde amarelo em dia de jogo de futebol e se ufana em ser patriota de chuteiras não vai sair desse atoleiro.
Nada melhor que o Carnaval para mostrar o quanto o povo é leviano, nada contra a alegria, porém não temos motivos para estarmos alegres o país caminha para o brejo e a turminha continua na base do "a lálá o..ooo ...ooo".
Voltando aos militares... A turma que deu o chega pra lá na comunalha em 64 era feita de outro material, eram homens de brio, alguns oriundos dos pracinhas da FEB, lutaram uma guerra para entender o quanto é perigoso um país em conflito, tinham caráter comprometidos com o país, defensores da paz e da segurança do povo, mesmo assim fizeram tanta merda que os vagabundos combatidos à época estão no poder hoje. Imaginem com esse comando que está aí o tamanho da merda feita por comandantes totalmente servis e acovardados diante dos comunistas.
O que vemos nos quartéis são militares descomprometidos com o país, viraram faxineiros da dengue ou segurança privada de estado falido, oficiais carregadores de mala de presidente vagabundo.
Nossos militares em combate seriam dizimados ou humilhados em questão de horas se entrassem em confronto com um país minimamente equipado militarmente. 
Acabaram os homens de valor, a caserna se tornou um saco de gatos onde se vê de tudo, desde sargento evangélico até soldado traficante. 
O desmonte das FFAA começou com os governos de Sarney, FHC deu um puta impulso nessa situação e os PTralhas acabaram o serviço. Militar no Brasil virou sinônimo de covardia e acomodação a espera da aposentadoria. E a pá de cal está sendo o desmonte do porta aviões São Paulo. Um país com a fronteira marítima que tem desmontar sua maior arma naval é para entender de vez o ponto de desmanche que as FFAA chegou. 
Volto a insistir, só o povo nas ruas e partindo para o pau pra cima desses canalhas de Brasília muda a situação. Se a população continuar reclamando em rede social e tentando terceirizar o serviço nada vai mudar. Os políticos irão se protegendo e legalizando suas condutas e o povão pagando a conta. Como sempre...
As Forças Armadas estão desarmadas e sem forças...
E a intervenção poder ser uma catástrofe para o país.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...