domingo, 26 de março de 2017

Sem o dinheiro da propina, os corruptos querem fazer reforma política

O dinheiro roubado corria solto, as empreiteiras tinham até Conta/Corrente destinada a pagar propina, para atender corruptos viciados e, também, àqueles que, entusiasmados pela facilidade de roubar o dinheiro público, buscavam os milhões na Odebrecht, UTC, OAS e demais corruptores.
O superfaturamento era rotineiro e propina tanto entrava como caixa dois, como doações legais. No fim, o importante era que os políticos, "sem vergonha na cara", atendessem as necessidades das empreiteiras e os caprichos dos seus dirigentes.
Com o surgimento da Operação Lava Jato, eles perderam a boquinha e, apesar do cinismo deslavado estão sem saber o que fazer e, o desespero bateu feio na porta da bandidagem. Diante desse sufoco, “os artistas” passaram a buscar uma tábua de salvação. E, segundo se comenta, ela se chama, Reforma Política. Nessa aberração, mais por falta de propina do que interesse no país, eles estão discutindo a implantação do sistema de “Lista Fechada”. Esse tipo de votação, prevista no texto da reforma política, feita às pressas e em análise no Congresso, apresentam mudanças inaceitáveis, porque vai tirar do eleitor o direito de escolher seus candidatos e manter sob proteção do famigerado Foro Privilegiado, uma porção de bandidos e mafiosos que, diuturnamente, vivem usando de todos os meios para escapar da Operação Lava Jato.
Lista Fechada, nada mais é do que o eleitor votar em um partido e o partido fazer a sua lista e eleger os caciques e mafiosos do núcleo duro a fim de cobri-los com o manto da impunidade. O Partido que tiver mais votos terá uma maior representação no Congresso. Daí se você votar no PT, PSDB, PMDB, REDE ou mais esse bando de “porra louca”, quem você acha que estará eleito no fim do processo eleitoral? CLARO! SERÃO OS MESMOS E A CORRUPÇÃO NÃO VAI ACABAR NUNCA.
Alfo Cunha

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...