terça-feira, 25 de abril de 2017

Desarticulando a estratégia do acusado, Moro adia depoimento de "Lula Brahma"

Segundo a imprensa, o petista deveria depor em Curitiba em 3 de maio, mas a data foi alterada para 10 do mesmo mês por questões de segurança. 

Após a decisão do juiz Sérgio Moro de adiar o depoimento de Lula, que devia ocorrer no dia 3, para o dia 10, os petistas estão se borrado de medo”. A mudança deixou os aliados de Lula ainda mais temerosos em relação a sua prisão, que ao que tudo indica pode acontecer muito em breve.
O juiz federal Sérgio Moro decidiu adiar o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um dos processos ligados à Operação Lava Jato. 
Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, o petista deveria depor em Curitiba em 3 de maio, mas a data foi alterada para 10 do mesmo mês por questões de segurança. 
A Polícia Federal alega que precisa de mais tempo para organizar o esquema de proteção do local de depoimento, já que o PT planeja enviar caravanas de diversas partes do país para apoiar Lula. 
No processo, o ex-presidente é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por supostamente ter recebido R$ 3,7 milhões em “vantagens indevidas” da construtora OAS, incluindo um apartamento tríplex no Guarujá. 
Em depoimento a Moro, o ex-presidente da empreiteira Léo Pinheiro disse que o imóvel pertencia à família de Lula e que o petista até lhe pedira para destruir provas. Já a defesa do Famigerado Lula Brahma ou Nº 01 afirma que a versão de Pinheiro foi “fabricada” para ele conseguir fechar um acordo de delação premiada.
Moral da estória: todo mundo estar mentindo, somente Dom Lulone e a sua defesa falam a “verdade” Cabra bom!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...