sexta-feira, 28 de abril de 2017

Palocci e Duque vão quebrar a odienta Lei do Silêncio imposta aos ladrões do PT

Zé Dirceu assumiu a culpa do chefe Lula no Mensalão e até hoje curte a cadeia sem delatar. Foi a lei do silêncio siciliana, a Omertá, que também calou Zé Genoíno, Delúbio Soares, Vaccari Neto, André Vargas, Henrique Pizzolato e os demais membros da quadrilha de pistoleiros do PT que já cumpririam pena ou estão cumprindo pena. É esta lei que Duque e Palocci vão violar. Lula pode ir preparando o cadafalso onde será enforcado. E o PT será inevitavelmente proscrito da vida pública brasileira.
É inédita a decisão dos líderes petistas Antonio Palocci e Renato Duque aceitarem fazer delaç/ão premiada.
São líderes de grosso calibre.
Antonio Palocci dispensa apresentações, mas Renato Duque foi o poderoso diretor da área de Serviços da Petrobrás, encarregado por Lula pela administração de propinas para as campanhas do PT, inclusive do próprio Lula e de Dilma Roussef. Ele jogou na estatal o mesmo papel sujo que jogaram Paulo Roberto Souza para o PP, e Nestor Cerveró para o PMDB.
Cada um dos três tinha a missão de roubar preferencialmente para o seu Partido, sempre sob os olhares cúmplices dos presidentes da Petrobrás, primeiro José Gabrielli e depois Graça Foster, mas sempre a mando de Lula e de Dilma.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...