quinta-feira, 22 de junho de 2017

Como na Cracolândia, a esquerda adotou postura patética também no caso das escolas de samba

Quando a PM de São Paulo promoveu ação na Cracolândia contra o tráfico de drogas, acompanhada de ação emergencial da Prefeitura, a esquerda tomou uma postura inacreditável: ficou em favor…. DA CRACOLÂNDIA. Se não fosse fato notório, todos pensariam que se tratasse de piada.
Na verdade, o esquerdismo é em si uma anedota.
E agora, mais uma vez, a rapaziada canhota adotou postura patética em questão de obviedade flagrante. Trata-se da corte em 50% da verba destinada ao desfile das escolas de samba no Rio de Janeiro, por conta da crise e para que sobre dinheiro para creches e escolas.
Qualquer pessoa entenderia a necessidade da medida, exceto talvez os diretamente envolvidos nos desfiles que, gostemos ou não, também precisarão passar cortes que atingem todas as áreas. Eis que a esquerda, sobretudo online, resolve CONDENAR também isso.
Por quê? Por pura arrogância e picuinha, aquela coisa de SEMPRE ir contra qualquer ação de um adversário político, mesmo que seja algo obviamente correto. Mas e se for o combate ao crack? Também são contra. E se for cortar verba de escola de samba para haver dinheiro para creches e escolas? Idem.
Na sanha de sempre “marcar posição”, o esquerdismo simplesmente não se dá conta de que afunda cada vez mais. Bem patético, mas no fim positivo. Quanto mais ficar claro o método da esquerda, mais e mais o povo se afastará dessa ideologia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...