terça-feira, 1 de agosto de 2017

Programa de Demissão Voluntária (PDV) podia começar por Michel Temer

Eliseu Padilha e Michel Temer e Moreira Franco


Raciocinem comigo. A meta do governo ao lançar o Programa de Demissão Voluntária é conseguir a adesão de 5 mil servidores, economizando R$ 1 bilhão. 
Especialistas acham que em tempos de crise nem tantos servidores vão se sentir atraídos pela demissão voluntária. Mas vamos partir do princípio que se consiga economizar R$ 1 bilhão. Só no mês passado Temer gastou R$ 2,1 bilhões em emendas "comprando" deputados para votarem contra a denúncia de corrupção passiva.
Seria melhor em todos os sentidos, não apenas para o cofre da União, se Temer renunciasse e levasse com ele Eliseu Padilha, Moreira Franco e outros. Sairia mais barato.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...