sexta-feira, 29 de junho de 2018

Geddel Vieira Lima desacata agente penitenciário e é transferido para solitária na Papuda

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), aquele dos 53 milhões de reais encontrados em um apartamento dele em Salvador, foi transferido na terça-feira (25) para uma cela em que ficará isolado na Penitenciária da Papuda, em Brasília, após episódio de desacato a um agente penitenciário. 
A permanência na chamada "solitária" será inicialmente de dez dias. Depois disso, ele poderá voltar para o convívio dos demais presos. Durante o período de castigo, Geddel não poderá tomar banho de sol e só receberá visitas de advogados. Em nota, a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal informou que o emedebista foi isolado por desrespeitar o agente durante uma revista pessoal. "O procedimento é adotado para todo detento que cometa falta disciplinar em estabelecimento prisional", justificou o órgão, que não deu detalhes do episódio. 
A ocorrência foi registrada na 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião. O fato, segundo a secretaria, também será oficiado ao Ministério Público do Distrito Federal e à Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça. Geddel Vieira Lima está preso preventivamente desde setembro do ano passado, após a Polícia Federal apreender R$ 53 milhões dele em um bunker em Salvador (BA). Ele foi denunciado por fazer parte, juntamente com outros integrantes de seu partido, de uma organização criminosa que desviava recursos de órgãos públicos e estatais, entre eles a Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...