sexta-feira, 29 de junho de 2018

No final da copa não teremos mais presos

Uma quadrilha do Supremo Tribunal Federal (STF), dita 2ª Turma, está aproveitando o fanatismo de grande parte da população brasileira com a seleção para fazer aquele velho acerto de contas com a bandidagem. Uma imoralidade! Acolheu pedido do casal de picaretas Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, ladrões dos cofres públicos, anulando as provas da Polícia Federal (PF) na busca realizada no apartamento dela.
Confirmou a soltura de João Claudio Genu e Milton Lyra, trancou a ação penal contra Fernando Capez, o ladrão da merenda escolar, e de quebra mandou soltar o facínora José Dirceu , um pseudo guerrilheiro, um covarde que viveu por cinco anos na clandestinidade, escondido debaixo da saia de uma mulher no interior do Paraná e que hoje é tido como “guerreiro do povo brasileiro”.
Será que esse três elementos, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, que estão desonrando o que ainda resta da justiça brasileira, não percebem que estão fazendo apologia ao crime, à desonestidade, à corrupção? Quanto estão recebendo para isso? São dívidas antigas pagas com juros e correção? Criem vergonha, desapareçam. O Brasil não mais suporta ver suas caras.
Humberto de Luna Freire Filho - Médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...